30 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 24º

COVID-19

França acusa EUA de ter pago para 'desviar' carregamento de máscaras

Presidente da região de Provence-Alpes-Côte d'Azur assegura que norte-americanos "compraram a encomenda francesa em dinheiro logo na pista de descolagem"

Opresidente da região Provence-Alpes-Côte d'Azur, Renaud Muselier, acusou, esta quarta-feira, os Estados Unidos de terem pago para 'desviar' um carregamento de máscaras faciais oriundo da China que tinha como destinatário as autoridades de saúde francesas.

Em declarações prestadas à estação televisiva RT, o responsável explicou que o carregamento, que continha cerca de 60 milhões de unidades deste equipamento de proteção, deveria ter chegado ao país nas últimas horas, mas "houve problemas com a entrega".

"Hoje de manhã, na China, os americanos compraram a encomenda francesa em dinheiro logo na pista de descolagem. O avião com destino a França partiu, ao invés, para os Estados Unidos", lamentou Renaud Muselier.

O relato vai, de resto, ao encontro de uma outra notícia adiantada pelo jornal francês Libération, que aponta para que responsáveis norte-americanos tenham "pago o dobro e em dinheiro" pela encomenda gaulesa.

França, recorde-se, conta, neste momento, com 56.989 casos confirmados de infeção por Covid-19 e 4.032 mortos, e as autoridades continuam a alertar para a escassez de meios para combater a propagação da pandemia.

Fonte:  Notícias ao Minuto