27 de maio de 2024
Campo Grande 15ºC

TENSÃO MILITAR MUNDIAL

"Se prepararem para a guerra com a China", diz general dos EUA

Militar prevê invasão de Taiwan em 2025

A- A+

O general Mike Minihan sênior da Força Aérea americana alertou que os EUA podem estar em guerra com a China dentro de dois anos em um cenário incomum para as tropas que prevê um cronograma muito mais curto para um conflito potencial do que o divulgado publicamente pelo Pentágono.

Minihan, que comanda o Comando de Mobilidade Aérea, citou as eleições presidenciais de 2024 em Taiwan e nos EUA, que ele disse que poderiam deixar os EUA “distraídos”, dando ao presidente chinês Xi Jinping uma janela de oportunidade para atacar Taiwan. 

“Espero estar errado. Meu instinto me diz que lutaremos em 2025”, escreveu ele no memorando obtido pela pela NBC News. 

Como chefe do Comando de Mobilidade Aérea, o General Minihan supervisiona cerca de 50 mil militares responsáveis pelo transporte aéreo e reabastecimento. 

No memorando dirigido a seus comandantes subordinados de ala aérea e outros comandantes operacionais da Força Aérea, o Gen Minihan disse aos seus comandados que começassem a construir “uma Equipe de Manobras de Força Conjunta fortificada, pronta, integrada e ágil, pronta para lutar e vencer dentro do primeiro cadeia de ilhas.”

Como já mostramos aqui no MS Notícias Taiwan é governada de forma independente desde 1949, depois de uma guerra civil. Incentivada pelo autocrata russo Vladimir Putin, a China, entretanto, resolveu em 2022 que Taiwan deve voltar a ser parte do território chines.  

O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, disse na 3ª.feira (2.ago.22) que a visita de Pelosi a Taiwan elevou as tensões na região e terá “impactos severos”

Wang afirmou tratar-se de uma “provocação política aberta, que põe em risco a soberania do país asiático”.

“Isso prova novamente que alguns políticos dos EUA se tornaram os ‘encrenqueiros’ das relações China-EUA e os EUA se tornaram o ‘sabotador’ número 1 da paz e estabilidade do Estreito de Taiwan” , completou.