22 de setembro de 2021
Campo Grande 35º 23º

CARNAVAL 2021

Lienca anuncia o cancelamento oficial do desfile das escolas de samba

Decisão foi tomada após reunião do presidente da Liga com secretário municipal de Cultura e Turismo e presidente da Fundação de Cultura

A- A+

Por nota, a Liga das Entidades Carnavalescas de Campo Grande/MS (LIENCA) comunicou o cancelamento do Carnaval na Capital, após reunião na tarde de ontem (11.fev.2021) entre o presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Gustavo de Arruda Castelo, o secretário Municipal de Cultura e Turismo, Max Freitas e a diretoria da Liga.

Durante o encontro, na Fundação de Cultura, foram estudadas ações de fomento das atividades das escolas que, após celebrarem o carnaval em 2020, quando a pandemia ainda circulava fora do Brasil, terão de permanecer com os barracões fechados até segunda ordem.

Na pessoa de seu presidente, Alan Catharinelli, em comunicado oficial, a Liga ressaltou a importância da festa (celebrada desde 1960) no contexto cultural e turístico regional. Além de servir como fonte de rende e emprego para milhares de pessoas.

“Nós não vamos poder abrir os barracões, o ano inteiro as escolas vão ficar fechadas sem saber se ano que vem vai ter carnaval. Então nos comprometemos a dar uma contrapartida, uma prestação de contas aos recursos recebidos, com o oferecimento de cursos e oficinas culturais ao longo do ano. Estamos muito tristes com o cancelamento do desfile, mas sabemos que é necessário, para preservar a saúde da população", relatou o presidente da Lienca durante a reunião.

Em socorro às atividades das escolas de samba de Campo Grande, pelo governo Estadual e Prefeitura Municipal, está sendo estudada uma assistência para milhares de pessoas que trabalham na realização da festividade.

"Vamos nos preparar para o ano que vem. Tanto Prefeitura e Estado estão estudando formas de dar alicerce e suporte para todas as escolas de samba de Campo Grande nesse período que vão continuar fechadas. Com recurso, qualificação, já preparando para o carnaval de 2022", disse o Secretário Municipal de Cultura e Turismo, Max Freitas.

Segundo assessoria da FCMS, em nível estadual, o presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Gustavo de Arruda Castelo, afirmou que existe a proposta de fazer “chamamento público abrindo quotas para a entidades carnavalescas para contemplar as escolas de samba de todos os municípios do Estado que desejarem participar”, disse durante a reunião.

ALTERNATIVAS

Para manter o espírito carnavalesco em 2021, sem o desfile, que seria na avenida Alfredo Scaff, próximo à Praça do Papa, de sábado até 3ª feira de Carnaval, nas redes sociais da Liga (@liencacg), será postada uma programação especial. 

"Vamos recordar nossos antigos carnavais. Vou postar várias fotos, falar das nossas escolas de samba, um pouco sobre a Liga. E na 2ª e 3ª feira colocarei o compacto do desfile das escolas de samba de 2020, alternativa que encontramos para que nossa população, 'desfilantes' e foliões matem um pouco a saudade da festividade", explica Alan Catharinelli. 

Ainda em fase de estudo, quanto às oficinas, a presidência da Liga atualmente pondera sobre os formatos em que ações serão realizadas em 2021. "Se será em formato de live, vídeos, a quantidade mínima de pessoas que serão permitidas, usando todas as medidas de biossegurança para não colocar em risco a saúde de nossas comunidades", finaliza o presidente.