22 de abril de 2021
Campo Grande 29º 18º

Sem conseguir conversar, clientes da Claro gostariam de saber se serão ressarcidos dos prejuízos

Custoso, impactante no orçamento e, ainda assim, os clientes da telefonia móvel são penalizados pelo descaso das operadoras. Multada pela Anatel, o que isso resolve as perdas dos clientes?

A- A+

A operadora de telefonia celular, Claro, novamente deixa mudos e rompem a comunicação dos clientes de Campo Grande. Quem paga essa conta é a questão que nunca foi respondida.  Será penalizada pela Anatel (Agência Nacional de Telefonia), mas e os negócios que deixaram de ser realizados, e as comunicações pessoais, por vezes de extrema importância que não se darão?

Os clientes da Claro, mais uma vez, estão impedidos de se comunicarem durante toda a manhã de hoje (15), em Campo Grande. Especialistas orientam para que se procurem os Procons, como se, além de ficar um serviço cobrado com tarifas elevadíssimas os usuários pudessem dispor de tempo para enfrentar a morosidade dos órgãos públicos. Mais, não se consegue provar que negócios foram impedidos de serem realizados e quantificar essas perdas.

Sequer a Claro atende às ligações e define o tempo necessário para o retorno das operações, mas a Anatel, politizada, irá aplicar uma multa, o que não “refresca” em nada os transtornos enfrentados pelos clientes.