02 de dezembro de 2021
Campo Grande 30º 22º

Bernal vai acionar MPE e MPF para derrubar Olarte depois de inquérito do Gaeco

A- A+

O ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP) garantiu que tomará providências e acionará o MPE (Ministério Público Estadual) e o MPF (Ministério Público Federal) para que tomem conhecimento da matéria divulgada pelo jornal Centro-Oeste Popular e do site Brasil Notícia, que tiveram acesso às investigações do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) de Mato Grosso do Sul, constatando que o atual prefeito Gilmar Olarte (PP) teria articulado sua cassação na Capital.

“Vou acionar o MPE, o MPF, a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) se for necessário e todos os órgãos ligados a essas investigações. Essa é a primeira vez que um jornal investigativo tem acesso e começa a divulgar o que realmente aconteceu na Capital. Foi um golpe político e a justiça precisa reconhecer isso e tomar providências”, afirma Alcides.

Bernal destaca que os 23 vereadores que votaram pela cassação foram beneficiados com dinheiro e cargos públicos. “Todos os vereadores que votaram receberam algo em troca. A matéria fala em R$ 1 milhão, isso foi pago e temos que ressaltar os cargos que eles conseguiram na prefeitura também. Não tem um vereador que votou pela minha cassação e não conseguiu se promover após o golpe político comprado pelo impostor Gilmar Olarte”.

Diante disso, o ex-prefeito faz questão de dizer que o “golpe político” foi elaborado na residência de Rodrigo Pimentel, que foi nomeado por Olarte para ser secretário de governo. “O golpe foi articulado na casa do Rodrigo Pimentel, que é filho de desembargador e hoje é secretário de governo. Tudo está na cara, basta olhar para ver o que esse grupo criminoso armou na Capital. Esse golpe começou a ser articulado em agosto do ano passado e o próprio cidadão denunciou, mas a polícia não fez nada enquanto eles articulavam”.

Bernal ressalta que Olarte está “embargando” as investigações, se mantendo no poder e afirma que existe um vídeo nas mãos do Gaeco que comprova que sua cassação foi comprada. “O Olarte está por trás de tudo isso. Existe um vídeo muito importante nas mãos do Gaeco que comprova que eles articularam o golpe. No vídeo eles dizem que nada acontecerá depois que Gilmar assumir o poder da prefeitura. Eles falam em colocar panos quentes em cima de tudo e dizem ainda que eu tentaria recorrer, mas não conseguiria. Agora eu espero que todos publiquem o que está sendo divulgado, mostrando à população a realidade dos fatos”.

Questionado sobre sua candidatura ao Senado, o ex-prefeito garante que caso retorne à prefeitura, abrirá mão de disputar a vaga durante as eleições de 2014. “Conseguindo retornar à prefeitura, eu vou cumprir o mandato que o povo escolheu, mas caso essas investigações continuem embargadas, eu garanto que sendo eleito ao Senado, vou desmascarar esse grupo que age contra a vontade da população”.

Dany Nascimento