02 de dezembro de 2021
Campo Grande 30º 22º

Bernal começa a dar sinais de derrota e sai à caça de votos

A- A+

O prefeito Alcides Bernal (PP) começa dar sinais da derrota e desce ao plenário para tentar conquistar os vereadores. Enquanto isso, o vereador Paulo Pedra (PDT) admite que a base aliada poderá contar com apenas seis votos. Líder do prefeito, Alex do PT evita falar com a imprensa.

Na arquibancada, a multidão inicia novo tumulto. Manifestantes pró-Bernal começam a gritar “o povo unido jamais será vencido” e na sequência iniciam a oração do Pai Nosso que é acompanhada pelo prefeito.

Por outro lado, o vereador Coringa (PSD) se junta a Alex, Zeca do PT e Luiza Ribeiro (PPS) cheio de sorrisos, dando indícios que poderá votar contra a cassação. O vereador Chocolate atende gritos da plateia, cumprimenta Bernal e faz um coração seguido pela indicação do número 11, usado pelo prefeito durante as eleições, para um manifestante da oposição.

Edil Albuquerque (PMDB), João Rocha (PSDB) e Otávio Trad (PT do B) iniciam uma conversa enquanto o presidente da Câmara Municipal, vereador Mario Cesar (PMDB), deixa a mesa diretora deixando Flávio César (PT do B) em seu lugar.

Juliana Zorzo (PSC) também para a leitura do relatório e assume a vereadora Grazielle Machado (PR) que impõe forte entonação à leitura para que sua voz se sobressaia à algazarra que acontece na plateia.

Diana Christie e Heloísa Lazarini