25 de maio de 2024
Campo Grande 14ºC

REVELAÇÕES

"Bolsonaro se vacinou contra Covid-19 em 2021", diz página

24h antes, Bolsonaro estava internado num hospital próximo

A- A+

Um site do coletivo de hackers Anonymous divulgou um cartão de vacinação digital que atribuiu a Jair Bolsonaro (PL), e o assunto repercutiu nas redes sociais nesta segunda-feira (2.jan.22). 

De acordo com a página, o ex-presidente teria se vacinado no dia 19 de julho de 2021 na UBS Parque Peruche, na zona norte de São Paulo, com uma dose da vacina Janssen. Veja o post: 

Crédito: Divulgação Anonymous divulga carteirinha de vacinação de BolsonaroCrédito: Anonymous divulga carteirinha de vacinação de Bolsonaro

Em 18 de julho de 2021, Bolsonaro estava no Hospital Vila Nova Star, na zona sul paulistana. No dia 19, entretanto, Bolsonaro voltou à Brasília (DF).  

A Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo diz que não consta registro de atendimento a Bolsonaro na UBS citada pela página na ocasião.

Na época, Bolsonaro passou quatro dias internado por causa de suposta obstrução intestinal. 

Os comentários sobre a verdade ganharam força nas redes sociais nesse início de 2023, após o presidente Lula (PT) mandar analisar a derrubada de todos os sigilos de 100 anos impostos pelo ex-presidente, um dos sigilos refere-se a carteira de vacinação de Bolsonaro, que saiu do cargo dizendo que nunca se vacinou.

Durante a pandemia de Covid-19, Bolsonaro estimulou os brasileiros a não se vacinarem contra o vírus e atuou como uma espécie de garoto propaganda da hidroxicloroquina, um fármaco sem eficácia contra a doência, mas que foi defendido pel ex-presidente com unhas e dentes. Vale lembrar que Bolsonaro acreditava também na imunidade de rebanho. A gestão bolsonarista desastrosa empurrou 700 mil brasileiros para a morte. Pessoas próximas do ex-presidente dizem, no entanto, que Bolsonaro se vacinou, sim, contra a Covid-19. 

A assinatura da MP por Lula, que visa derrubar os sigilos, assustou Bolsonaro, que está na Florida, nos EUA. Segundo informações do IG, o ex-presidente entrou em desespero, pois, há muitas informações que, quando vierem a público, podem ser utilizadas em eventuais investigações criminais contra o ex-presidente. 

Em pânico, Bolsonaro avisou a apoiadores que pretende ir à Justiça contra o presidente Lula (PT) e o governo federal caso os sigilos sejam derrubados. 

Em um grupo do PL no WhatsApp, Bolsonaro declarou que "não vai aceitar liberarem o conteúdo" de sua caderneta de vacinação e que, caso isso ocorra, vai processar Lula e o governo federal. 

Membros do PL, que revelaram o desespero de Bolsonaro ao IG, acreditam que o ex-presidente Bolsonaro se vacinou contra a Covid e por isso está em pânico com a possibilidade da divulgação de sua caderneta de vacinação.