20 de abril de 2021
Campo Grande 32º 19º

"Foi irresponsável", diz secretário Paulo Pedra sobre depoimento de Jamal ao Gaeco

Após depoimento do vereador Jamal Salem (PR) no Gaeco nesta segunda-feira (26), o MS Notícias entrou em contato com a vereadora Luíza Ribeiro (PPS) para falar a respeito de um possível retratação pelas acusações de compra de votos para votar contra a cassação de Bernal, já que o Gaeco não viu relevância no depoimento do vereador Jamal Salem. 

A vereadora afirmou que “o que eu tinha que contribuir eu já contribuiu e que não vai entrar com nenhum pedido de retratação, e que está aguardando a decisão da justiça. Luíza Ribeiro está tranquila com relação às investigações, “quero evitar comentários para não ter discussões, cada um sabe o que falou”.

"Irresponsável"

Outros vereadores também foram citados no depoimento de Jamal, entre eles Paulo Pedra (PDT) que disse “quem está sendo investigado é ele não nós, deveria ter uma prova mínima do que ele falou”.

 Sobre os valores em questão que chegariam á R$ 1 milhão Pedra disse ser uma atitude extremamente irresponsável da parte de Jamal, e que não existem “bobos” e ainda comentou que estão tentando desviar o foco das investigações.

Diferente da vereadora Luíza Ribeiro que disse não entrar com nenhum pedido de retratação, Pedra afirmou que vai avaliar a situação e só depois tomar uma decisão sobre uma possível retratação do que foi falado no depoimento de Jamal.