11 de agosto de 2020
Campo Grande 33º 20º

Chocolate trabalha isolado dentro do PP

O vereador Waldecy Chocolate (PP) tem reclamado da maneira como tem sido tratado dentro de seu partido, presidido estadualmente pelo prefeito de Campo Grande Alcides Bernal, depois de ter votado favoravelmente à Comissão Processante. Chocolate_980494721 Chocolate acusa os dirigentes do PP de tomar decisões sem sua presença. "Atualmente, nem sou consultado pelo partido, fico sabendo das coisas por outras pessoas", desabafa o vereador. Chocolate está respondendo processo de infidelidade partidária, depois de ter votado contra Bernal, que, segundo o vereador depois do fato nunca mais o procurou. "Estou isolado, me tratam como se não fosse nada, afirma." Sobre Processante Em relação ao primeiro dia de oitivas da Comissão Processante, o vereador defendeu a atuação de seus colegas de Casa diante das acusações do advogado do prefeito, Jesus de Oliveira, que questionou a maneira de os vereadores interrogarem as testemunhas. Jesus afirmou que os vereadores estavam pressionando as testemunhas na tentativa de coagi-las a responder algo contra Bernal. "Eles estão desempenhando o papel deles que é questionar, estão certos", defende Chocolate. Heloísa Lazarini e Alan Diógenes