21 de outubro de 2021
Campo Grande 31º 17º

Com 59 votos a favor, Senado mantém prisão de Delcídio do Amaral

A- A+

O Senado decidiu manter prisão do senador Delcídio do Amaral (PT). A sessão extraordinária que teve início no começo da noite desta quarta-feira (25) foi permeada de declarações favoráveis e contrárias ao senador, e por fim, com 59 votos, o Senado optou por manter Delcídio preso.

Dos senadores presentes apenas 13 foram favoráveis a suspender prisão decretada pelo STF (Supremo Tribunal Federal). Delcídio foi preso em Brasília na manhã desta quarta-feira (25) ele é suspeito de oferecer dinheiro à família de Nestor Cerveró em troca do silêncio do ex-diretor da Petrobras.

Conversa gravada pelo filho de Cerveró mostra Delcídio negociando rota de fuga para ele para evitar que Cerveró fizesse acordo de delação premiada ou ao menos não citasse o senador. Delcídio está preso na Superintendência da Polícia Federal em Brasília e deve permanecer preso pelo menos por cinco dias.

Em nota, a Secretaria de Governo da Presidência anunciou no final da tarde que na próxima semana será definido novo líder do governo no Senado. O senador publicou nota assinada pelo seu advogado de defesa em que ele manifesta seu inconformismo diante da prisão, sem acusação formal, e também questionada legitimidade das informações fornecedias por Cerveró.