29 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 23º

ELEIÇÕES 2020 | MARACAJU

Lenílso lidera as intenções de votos e tem a menor rejeição entre os eleitores

Pesquisa mostra candidato do MDB com ampla vantagem e principal adversário entre os mais rejeitados

A mais recente consulta de intenções de voto realizada pela London Pesquisas para aferir as preferências eleitorais em Maracaju apurou que o candidato do MDB, Lenílso Carvalho, segue liderando com vantagem confortável a disputa pela prefeitura de Maracaju. O instituto ouviu 400 eleitores de ambos os sexos na região urbana entre os dias 23 e 25 deste mês. Registrada na Justiça Eleitoral com o número MS-08321/2020, a consulta tem 4,86% de margem de erro,  para mais ou para menos, e intervalo de confiança de 95%.

Na espontânea, 35,25% afirmam que votam em Lenílso Carvalho MDB). O curioso é que o segundo lugar não é ocupado por eleitores de qualquer outro candidato, e sim pelas pessoas que declararam não saber em quem votar ou não opinaram: 32,5%. Só no terceiro lugar aparece o concorrente Marcos Calderan (PSDB), com 20% das citações, seguido por Professor Jeamílton, do Avante (6%) e Tiago Caminha, do Republicanos (4,75%). Em último estão Amauri Mazzucatto, do PSC, e Reginaldo Fotógrafo, do DC, cada um com 0,50%.

Na consulta estimulada, com apresentação dos candidatos a prefeito e respectivos vices aos entrevistados, a liderança é também da chapa Lenílso-Dra Lidiane, que tem 41,50%, abrindo diferença superior a 15 pontos dos candidatos Calderan-Maurão, com 26%. Na sequência estão os indecisos (19%), Jeamílton-Eliane Simões (6%), Caminha-Dra Teliane (4,75%), brancos e nulos (2%), Reginaldo-Viko Motos (2,50%) e Mazzucatto-Paulo Ricardo (0,25%).

No cenário das rejeições - isto é, a consulta sobre aos eleitores sobre em quem não votariam de jeito nenhum - a maioria (40,25%) disse que pode votar em qualquer um dos candidatos e23,50% não sabem ou não opinaram. A chapa mais rejeitada, com é a de Reginaldo e Viko Motos, com  23,50%, vindo em seguida Mazzucatto-Paulo Ricardo (7%), Calderan-Maurão (6,50%), Jeamílton-Eliane (5%) e Caminha-Dra Teliane (2,25%). Com a menor rejeição, Lenílso e sua candidata a vice, Dra Lidiane, têm 2%, mesma pontuação dos eleitores que informaram não votar em nenhum dos seis candidatos.