12 de junho de 2021
Campo Grande 25º 14º

Puccinelli e Trad são responsáveis por apresentar nomes para Campo Grande

O ex-governador e Nelsinho Trad são os encarregados para levantar possíveis nomes para a prefeitura de Campo Grande

A- A+

De acordo com o presidente regional do PMDB, Junior Mochi, a reunião do partido oque aconteceu na manhã de hoje, definiu inicialmente duas questões que serão tratadas com prioridade no decorrer do ano.

Primeiramente, foi anunciado que a sigla, através de suas lideranças, irá trabalhar para que os 79 municípios de Mato Grosso do Sul tenham candidatura própria para prefeito nas eleições do próximo ano.

Também ficou definido que n o dia 21 de março haverá uma reunião, sem data e local definido no momento, com executivos municipais, diretório estadual e com os integrantes com mandatos para tratar de duas questões prioritárias aos peemedebistas.

A sigla pretende discutir neste dia sobre a Reforma Política e sobre as eleições de 2016. Mochi deixou claro que os parlamentares federais, como Geraldo Rezende e Carlos Marun estão incumbidos de  convidar Marcelo Castro (PMDB/PI), para participar do encontro. Marcelo é o relator da comissão especial da Reforma Política.

Também serão discutidas estratégias de ações de fortalecimento nos municípios do Estado, identificando candidatos, ações, atos de filiação para fortalecer o PMDB.

Ficou definido ainda que Nelsinho Trad e o ex-governador, André Puccinelli são os nomes que irão tratar com vereadores e lideranças locais as questões da Capital, ou seja, eles são os responsáveis por fazer um levantamento, e entregar em reunião, possíveis nomes para concorrer à prefeitura de Campo Grande.

Os critérios, segundo Mochi, para a escolha do futuro nome, é que o candidato deve ter viabilidade política, liderança, prestígio eleitoral, ser competitivo e estar bem nas pesquisas.

Puccinelli deixou claro que não pretende colocar seu nome à disposição para a prefeitura da Capital, ele seria o nome mais requisitado dentro do partido. Em meio a gargalhadas retrucou os jornalistas. “Quando vocês vão acreditar no que eu falo?”.

Já, Nelsinho Trad, com tom de insatisfação, disse não querer falar sobre o assunto, dizendo apenas que a escolha de seu nome para junto a Puccinelli fazer o levantamento é o seu reconhecimento dentro do partido.

Eleições 2012: As eleições de 2012, de acordo com Puccinelli, definiu o nome de Edson Girotto para a disputa da prefeiturea, após reunião com lideranças na casa do empresário João Amorin, irmão da deputada estadual Antonieta Amorin.

Nessa reunião, Girotto seria o nome que estaria em primeiro lugar nas pesquisas, seguido do deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM) e em terceiro o atual vereador Paulo Siufi (PMDB). Na época em que Puccinelli era prefeito de Campo Grande, Amorin era o empreeiteiro que possuía diversos contratos com a prefeitura, e hoje, na legislação de Gilmar Olarte (PP), ainda tem.