20 de abril de 2021
Campo Grande 32º 19º

OSWALDO EUSTÁQUIO

"Quase paraplégico": blogueiro bolsonarista deve pagar R$ 15 mil por criar fake news contra Boulos

Em 11 de novembro, Eustáquio tinha publicado um vídeo em que acusou Boulos de utilizar "empresas fantasmas". Trata-se de uma informação mentirosa, revelou a Justiça

O blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio, que essa semana foi declarado "quase paraplégico" por seus seguidores, após cair na cadeia e fraturar a vértebra (5ª), agora vai ter que pagar multa de R$ 15 mil por ter feito divulgação de informações falsas a respeito da campanha de Guilherme Boulos (PSOL), que disputou a Prefeitura de São Paulo. O bolsonarista foi condenado pela Justiça Eleitoral.

A sentença é do juiz eleitoral Emílio Migliano Neto e foi publicada no dia 23 de dezembro.

Cabe recurso contra a decisão. A defesa de Eustáquio ainda não foi localizada para comentar a sentença. 

Em 11 de novembro, Eustáquio tinha publicado um vídeo em que acusou Boulos de utilizar "empresas fantasmas" para a produção de vídeos para sua campanha. As informações do blogueiro são falsas, conforme provou a justiça. A investida de Oswaldo contra Boulos se deve ao político representar uma nova ascensão da esquerda no país, por isso ele teria optado por inventar mentiras. 

Quem mais usou o vídeo foi o candidato apoiado por Jair Bolsonaro, Celso Russomanno (Republicanos), que assim como Boulos acabou derrotado por Bruno Covas.  

O blogueiro está preso em Brasília em razão de ter violado restrições da prisão domiciliar impostas pelo STF, como a viagem a São Paulo para produzir o vídeo com informações falsas contra Boulos.

Leia também

• Oswaldo Eustáquio não está paraplégico, revelam exames