16 de setembro de 2021
Campo Grande 32º 21º

ASSASSINATO BRUTAL

Barbárie: ex-marido passa corda no pescoço de mulher, estupra, mata e enterra no MT

O ex-marido havia pedido demissão da fazenda no mesmo dia em que cometeu o crime

A- A+

Mirian Souza Mendes, de 37 anos foi enforcada, arrastada, morta e enterrada pelo ex-marido em uma fazenda em Itiquira, no sul de Mato Grosso. Ela foi assassinada no sábado (21.nov.2020), mas o corpo foi encontrado ontem, 2ª-feira (23.nov.2020). O ex-marido dela  Cícero Severino dos Santos, de 38 anos, conhecido como “Radinho” foi preso em flagrante.

Segundo a Polícia, o feminicídio aconteceu em uma fazenda em Itiquira, no interior do Mato Grosso e só foi descoberto depois que uma testemunha encontrar a cova e chamar a polícia. O ex-marido havia pedido demissão da fazenda no mesmo dia em que cometeu o crime.

O suspeito disse à polícia que se encontrou com Mirian no sábado para entregar um dinheiro que ela havia pedido a ele.

Quando se encontraram, os dois teriam começado uma discussão e o ex-marido a agrediu com socos. Ele usou uma corda, amarrou no pescoço da vítima e a arrastou. Ele afirmou, ainda, que enquanto ela agonizava, a estuprou como meio de vingança. O estupro será confirmado pela perícia.

O ex-marido confessou que pegou uma enxada, cavou uma cova e a enterrou. A motocicleta da vítima e a bolsa dela foram incendiados pelo ex-marido em um lixão.

O suspeito foi autuado em flagrante por ocultação de cadáver e feminicídio e encaminhado a uma unidade prisional.