18 de junho de 2021
Campo Grande 27º 15º

DENÚNCIA | CAMPO GRANDE

Grávida de 40 semanas vai ao hospital para ter criança, médica a manda caminhar 2h e bebê morre

Situação ocorreu na Maternidade Cândido Mariano, na Capital

A- A+

Mislaine Florencio da Silva, de 33 anos, e o marido, Marney Erico da Silva Brandão, de 36 anos, foram à polícia denunciar a maternidade Cândido Mariano de Campo Grande por negligência médica. 

O casal viveu a gravidez por 40 semanas até hoje (13. maio), quando foram ao hospital para ter a criança e um profissional mandou a mãe fazer uma caminhada de 2h. Ela foi ao parque Belmar Fidalgo, e quando retornou com dores ao hospital, a equipe disse que o bebê estava sem batimentos cardíacos.

Rapidamente foi realizado um procedimento cesariano para retirada da criança. O hospital disse que ocorreu o deslocamento da placenta, o que teria levado a morte da criança.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia do Centro como homicídio culposo e será investigado.