19 de junho de 2024
Campo Grande 22ºC

ANIVERSÁRIO DA CIDADE

PM mata ex-vereador em Anastácio após confusão com pré-candidato (vídeos)

Ex-prefeito trocou agressões com a vítima

A- A+

Nesta quarta-feira, 08, quando a população comemorava seus 59 anos de emancipação, o município de Anastácio, a 139 km de Campo Grande, teve mais motivos para chorar do que comemorar. Um de seus ativistas políticos, o ex-vereador Dinho Vital, foi assassinado a tiros por dois policiais que, segundo se comenta, faziam “extra” como seguranças do ex-prefeito e pré-candidato à sucessão local Douglas Figueiredo.

Enquanto as reais causas e o contexto do assassinato ainda estão sendo apurados, as primeiras informações dão conta que tudo começou em um churrasco na chácara do Gauchinho, uma figura muito conhecida na região. Dinho Vital e Douglas travaram calorosa discussão sobre política e partiram para o enfrentamento físico. A confusão acabou quando diversas pessoas entraram em cena para afastá-los.

Também de acordo com quem estava no local, Dinho teria prometido que iria para sua casa e voltaria. No entanto, momentos depois, no final da tarde, ele teve seu veículo interceptado na BR-262, próximo à entrada da cidade, sendo alcançado e atingido pelos disparos de dois homens que, segundo se comenta, são policiais que serviam de segurança para Douglas Figueiredo. Veja vídeos que mostram o momento da confusão e depois Vital morto às margens da rodovia: 

Os anastacianos sabem do ambiente de hostilidade política na cidade. Dinho é de família tradicional em Anastácio. É filho da ex-vereadora Maria Vital, que está formando uma frente de lideranças para disputar a prefeitura contra Figueiredo, que tem o apoio do PSDB, partido do atual prefeito, Nildo Alves de Albres.

Dinho se elegeu em 2016 sendo o quarto mais votado. Sucedeu sua mãe, que na legislatura anterior foi vereadora. Ele não se reelegeu em 2024, ficando na suplência, mas era atuante nas mobilizações políticas. Douglas era vice-prefeito quando assumiu a prefeitura, em 2010, após a morte do titular, Cláudio Valério, e se reelegeu em 2012. Para concorrer este ano, filiou-se ao PSDB.