28 de fevereiro de 2021
Campo Grande 33º 21º

Ossada encontrada em veículo incinerado pode ser de rapaz que estava desaparecido

 Um corpo totalmente carbonizado, que foi  encontrado no fim da manhã desta quinta-feira (3), no porta-malas de um veículo Corsa Sedan incendiado, no km 359 da BR-262, entre Terenos e Sidrolândia pode ser de  Bruno Franco Godói.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado na  Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga,  o rapaz de 26 anos estava desaparecido desde  o dia 24 de novembro, quando foi visto pela última vez saindo do seu serviço por volta de meio dia, em Campo Grande.

O carro encontrado é um Corsa Sedan Classic e possui placas da cidade de Ferraz de Vasconcelos, interior de São Paulo. Segundo a mãe de Bruno, Genilda Franco de Godói, as informações, inclusive a placa, batem exatamente com o carro de Bruno, que desapareceu junto com o rapaz, desde o dia 24.

Bruno teria sofrido um atentado a tiros, alguns dias antes de desaparecer. Um BO também foi registrado sobre esse ocorrido. O autor do crime seria a ex-mulher do rapaz  e seu  atual companheiro. Bruno e a ex-mulher brigavam frequentemente por causa da guarda da filha dos dois, de sete meses de idade. Bruno e sua mãe, já teriam sofrido diversas ameaças de morte da ex-mulher do rapaz e de seu atual companheiro, conforme Dona Genilda contou ao MS Notícias.  

Segundo a Polícia Civil, foi encontrado próximo ao veículo, uma sacola com documentos pessoais, mas não divulgaram a identificação, por não saber, se é de propriedade da vítima. Na sacola também havia um boletim de ocorrência de tentativa de homicídio.

Ainda segundo o delegado, o carro pode estar no local há mais de 24 horas, mas a polícia acredita que a vítima foi morta antes de ser incendiada.

A mãe de Bruno mora no interior do estado e está à caminho de Campo Grande para a verificação da identidade do corpo.