21 de abril de 2021
Campo Grande 32º 18º

Lama Asfáltica: justiça decreta prisão de mais dois investigados em operação

A- A+

Mais dois investigados da operação Lama Asfáltica tiveram prisões decretadas na  última sexta-feira (13). O juiz Carlos Alberto Garcete pediu a prisão do chefe da Residência Regional da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul) em Jardim (12ª RR), Donizeti Rodrigues da Silveira, e João Afif Jorge. João Jorge está preso na DERF  (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos),  na Capital. Segundo informações, Donizeti da Silveira deve se apresentar na tarde deste sábado (14).  

Ainda na sexta-feira (13), o juiz Carlos Alberto Garcete decretou nova prisão temporária, por um período de mais cinco dias ao ex-deputado federal Edson Giroto, empresário João Amorim e outros seis  investigados na operação.

 O ex-deputado e demais investigados estavam presos desde a última terça-feira (10)  por ordem da Justiça, após pedido do MPE que apura desvio de cerca de R$ 2.9 milhões de recursos públicos em contratos firmado entre governo estadual, quando Giroto era secretário, e Proteco Construções Ltda. Com as respectivas prisões sobre para dez o número de detidos pela justiça. Segundo apurou MPE, houve contratação para execução da obra na MS-228, o valor foi pago, porém serviço não foi executado.