17 de abril de 2024
Campo Grande 22ºC

Operação Escudo Protetor

Mãe é presa por "vender" filha de 13 anos em prostíbulo

Além da mãe, a proprietária do estabelecimento e o suposto namorado da menor também foram detidos

A- A+

Uma mulher, cuja identidade não foi revelada, foi presa na noite de segunda-feira (26.02) após ser denunciada por oferecer sua filha de 13 anos em um bar, que funcionava como prostíbulo, no Distrito do Culuene, em Canarana (a 648 km de Cuiabá). Além da mãe, a proprietária do estabelecimento e o suposto namorado da menor também foram detidos.

As prisões ocorreram durante a Operação Escudo Protetor, deflagrada pela Polícia Civil e após diligências feitas na região foi possível constatar a veracidade da denúncia. A menor foi encontrada pelas equipes da Polícia Militar e Conselho Tutelar e encaminhada para um abrigo provisório.

Conforme informações da Polícia Civil, além da vítima ser oferecida sexualmente a homens maiores de idade, uma “comissão” também era cobrada da menor, onde ela tinha a obrigação de fazer com que os “clientes” consumissem bebidas alcoólicas do estabelecimento.

Na residência da mãe da menor, os policiais apreenderam aparelhos celulares que serão periciados para auxiliar no avanço das investigações.

Segundo o delegado de polícia responsável pela ação, Flávio Leonardo, as investigações continuarão, a fim de identificar outros envolvidos e outras vítimas. “As investigações do continuarão para identificar outros envolvidos e outras vítimas, assim como as ações preventivas com o fim de reprimir a violência sexual infantil na localidade”, disse o delegado.