02 de agosto de 2021
Campo Grande 29º 14º

Mulheres são presas após raio-x em penitenciária por carregar drogas nas partes íntimas

A- A+

Duas mulheres foram presas ontem em Dourados depois de serem flagradas tentando entrar com drogas na Phac (Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorim Costa). Segundo a polícia, Laura Salazar de Freitas, 37, e Alessandra Vieira Fernandes, 35, ambas moradoras de Campo Grande, estavam com drogas escondidas nas partes íntimas. Laura foi ao presídio para visitar o amásio, Elieser Gamarra Ledesma. Segundo a polícia, ela estava nervosa e o aparelho raio-x ‘denunciou’ um embrulho escondido nas partes íntimas dela, que continha 168 gramas de maconha. Ela foi levada para o Hospital da Vida para a retirada do pacote, e disse que entregaria a droga ao marido. Já Alessandra, que havia ido visitar o amásio Fabiano da Silva Martins, foi flagrada com um bastão de droga que também estava escondido nas partes íntimas. Nele, havia 200 gramas de maconha e 103 gramas de haxixe. Ela disse à polícia que receberia R$ 400 para entrar com a droga no presídio e entregar a um desconhecido. As duas mulheres, que não tinham passagens pela polícia, foram autuadas em flagrante por tráfico de drogas e levadas para o 1º Distrito Policial, onde permanecem presas. Dourados News