23 de junho de 2021
Campo Grande 30º 17º

Abuso

Pai estupra filha de 9 anos no Itamaracá

Pai se apeoveitou da ausênica da esposa e esturpou filha em casa

A- A+

Foi registrado na Depac Piratininga (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), mais um caso de estupro de vulnerável. O caso foi no Jardim Itamaracá, onde o pai se aproveitou que a mãe da criança de 9 anos estava trabalhando e colocou filmes pornô para a criança assistir e passou a abusar da filha, tentando também ter relações sexuais. O pai, que tem 32 anos cometeu os abusos em frente a outra criança, que também é seu filho.

Segundo consta no boletim policial, o homem estava sozinho com os filhos, no horário de almoço, quando tentou cometer o estupro. A menina começou a chorar por causa da dor e o pai acabou desistindo do ato.  Na casa do autor foram apreendidos DVDs pornôs e um computador.

A mãe, chegando em casa e percebendo atitudes estranhas dos filhos, começou a conversar e aos poucos entendeu o que tinha acontecido no dia. Ela também questionou as crianças se isso acontecia com frequência e as crianças confirmaram, alegando que o pai as ameaçava dizendo que se alguém descobrisse iria matar a mãe das crianças e fugir.

O caso será encaminhado à Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente).