13 de agosto de 2022
Campo Grande 30º 15º

ACIDENTE FATAL | INTERIOR

Patrão e funcionário são esmagados após volante de carreta 'travar'

Eles estavam em uma caminhonete que foi destruída por uma Scania desgovernada

A- A+

César Augusto Jordão do Amaral, de 59 anos e João Batista de Souza, de 52 anos, morreram em acidente de trânsito na noite da segunda-feira (1.ago.22), na rodovia MS-270, entre distrito de Itahum e Dourados, no interior de Mato Grosso do Sul

Ambas as vítimas eram de Dourados: César morava no bairro Portal e era o patrão de João, que residia no Jardim Itália. Eles morreram na hora após a caminhonete em que estavam ser partida ao meio, atingida por uma carreta Scania, que invadiu a pista contrária.

As imagens coladas: de camiseta cinza é César Augusto Jordão do Amaral, de 59 anos. O homem na cadeira de fios é João Batista de Souza, de 52 anos - essas duas fotos são das redes sociais. As imagens coladas: de camiseta cinza é César Augusto Jordão do Amaral, de 59 anos. O homem na cadeira de fios é João Batista de Souza, de 52 anos - essas duas fotos são das redes sociais. 

O motorista da carreta é Braz Parmezan Crestani, de 62 anos.

Crestani disse na manhã desta terça-feira (2.jul.22), na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário de Dourados (Depac-DDOS), que um problema mecânico fez a direção da carreta Scânia travar, levando ele a invadir a pista contrária e bater de frente com a F-250 em que estavam os douradenses.  

Antes do acidente, Crestani disse que jogou o veículo para o acostamento do lado direito, mas descontroladamente o veículo retornou para a pista e invadiu a mão contrária, batendo de frente com a F-250. A colisão aconteceu exatamente em frente a Fazenda Varjão.

O jornalista  O repórter Sidnei Bronka, do site Ligado Na Notícia fez uma galeria dessas imagens do acidente no site deles - link no final do texto.

Segundo o motorista, ele tinha descarregado carga de milho em um armazém na região da Placa do Abadio, na MS-162, e voltava até a propriedade em Itahum, para pegar nova carga. As vítimas dirigiam no sentido 

Braz não estava no local do acidente quando a polícia chegou, mas sustentou que não fugiu e que apenas procurava sinal de celular para chamar resgate. Como sentia muitas dores no peito, ele foi levado por outras pessoas para um hospital em Dourados e hoje cedo procurou a polícia na cidade.  

*Com imagens do Ligado Na Notícias.