12 de junho de 2024
Campo Grande 23ºC

PMA autua homem por construção em lugar impróprio

A- A+

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Miranda – distante 203 quilômetros de Campo Grande – durante fiscalização na tarde de ontem no Rio Miranda localizaram uma construção ilegal às margens do rio.

A construção está localizada na região do bairro Maria do Rosário. O proprietário de um terreno realizou a retirada da vegetação da área para a construção de um condomínio, distante 180 metros da margem do rio.

A construção é ilegal porque a área é de várzea e ele ainda destruiu as matas ciliares de uma pequena Lagoa, que é área de preservação permanente. Também foram derrubadas duas árvores da espécie angico, tudo sem autorização ambiental.

As atividades do condomínio foram interditadas. O autuado, um homem de 48 anos, residente em Campo Grande, recebeu multa de R$ 5 mil. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção.

O autuado foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental Estadual um Prad (Plano de Recuperação da Área Degradada).

Tayná Biazus