07 de maro de 2021
Campo Grande 30º 20º

OPERAÇÃO PIRACEMA

PMA fiscaliza rio Sucuriú e apreende 170 metros de redes de pesca

Os proprietários dos materiais não foram localizados

Uma das maiores preocupações da PMA na prevenção à pesca predatória, especialmente no período de piracema, é primariamente evitar que pessoas pratiquem a pesca ilegal, ou que armem petrechos ilegais, ou ainda, fazer a retirada dos rios desses petrechos de pesca proibidos que são armados por infratores, principalmente as redes de pesca, os espinheis, boias e anzóis de galho, devido ao alto poder de captura e depredação de cardumes, apesar da dificuldade de se prender os autores devido ao pouco tempo de exposição para armá-los nos rios e normalmente à noite.

Dessa forma, operações noturnas são fundamentais. Durante fiscalização fluvial no rio Sucuriú, entre o balneário público e a foz do córrego Periquito, desde o início da noite de ontem, adentrando a manhã desta terça-feira (26) na operação piracema, Policiais Militares Ambientais de Três Lagoas apreenderam uma rede de pesca, medindo 170 metros. 

O petrecho ilegal estava armado no rio, na região próxima ao córrego Campo Triste. Os proprietários dos materiais não foram localizados. Alguns peixes que estavam presos ao material foram soltos no rio.