17 de junho de 2024
Campo Grande 26ºC

Polícia divulga lista de foragidos durante operação contra organização criminosa

A- A+

A Polícia Civil de Nova Andradina divulgou ontem a identidade dos cinco suspeitos com mandados de prisão em aberto expedidos durante a deflagração da operação “Plumbum”, que investiga uma organização criminosa suspeita de agir no tráfico de drogas, roubos, furtos, receptação entre outros crimes, como tentativas de homicídio e homicídio. A operação foi deflagrada na quinta-feira (4) passada no município e prendeu 18 pessoas, dois deles adolescentes apreendidos.

1050565694_5487413b5f6fec6a30abca3b12050c6eda48e4012a29f

Segundo o Nova News, desde o dia da operação, os policiais fazem diligências para encontrar os suspeitos. Forças tarefa estão sendo montadas com equipes da Polícia Civil local e da região, policiais militares e do Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira).

O suspeito que fornece a droga para traficantes varejistas da região, já possui passagem pela polícia e mandados de prisão expedidos no Estado de São Paulo e Mato Grosso do Sul, conhecido como Neno, Edinei Pedroso de Moraes de 32 anos, natural de Glória de Dourados e foi por vários anos morador no Assentamento 17 de abril, na linha da Figueira. Ele mudou-se para a fronteira depois de vários cercos policiais naquele assentamento. Neno esta foragido em território paraguaio. Edinei, também conhecido por Cupim, também foi citado durante operação realizada pelo Gaeco em Dourados, no dia 27 de novembro.

Também estão foragidos, Claudineis da Silva Flor de 32 anos, vulgo Chumbinho, natural de Ivinhema e morador de Nova Andradina; Rodrigo Ramos dos Santos de 30 anos, vulgo Macaco, natural e morador de Nova Andradina; Rafael Santos da Silva de 27 anos, vulgo Guerrinha, natural de Palmeira dos Índios (AL) e morador de Ivinhema e Tiago Teixeira Matos de 18 anos, vulgo Vermelho, morador de Nova Andradina.

Qualquer pessoa que tenha informações sobre o paradeiro dos suspeitos, pode entrar em contato com a polícia, tanto pelo telefone da Polícia Civil (67) 3441-1316 ou 190 da Polícia Militar, que o sigilo do denunciante será mantido. Em Dourados, a Polícia Civil atende pelo 3411-8060.

Nova News