11 de abril de 2021
Campo Grande 33º 22º

INVESTIGAÇÃO

Polícia prende três homens pela execução de casal em MS

Três suspeitos de envolvimento na execução do casal Heberton da Silva Barros, de 33 anos, e Gláucia Luciano da Silva, de 29 anos, foram presos nesta segunda-feira (14), pelo Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil de Dourados, que fica a 228 km de Campo Grande. O caso pode está relacionado à disputa entre facções.

De acordo com o site Ligado na Notícia, um dos criminosos cometeu o duplo homicídio e os demais esconderam as armas. O crime ocorreu noite de domingo, o casal estava em frente a uma lanchonete no bairro Parque das Nações II, quando o executor, de 30 anos, chegou ao local e atirou primeiro contra homem que caiu. Na oportunidade o atirador o se aproximou e o revistou no chão, encontrando uma pistola.

O autor retirou a pistola e executou a vítima com a própria arma, de calibre 9 milímetros. Na sequência, ele foi atrás de Gláucia, que tentava fugir, ele matou ela com a pistola. Na manhã de hoje (14), o SIG fez incursão na busca pelo suspeito. De acordo com o delegado Rodolfo Daltro, foram apreendidas quatro armas, entre elas a arma de Heberton e do executor.

Outros dois indivíduos, que as guardavam, acabaram presos junto com o principal autor. Heberton seria do Comando Vermelho (CV) e supostamente foi alvo de vingança, após a divulgação de um vídeo em que ele aparece se gabando da morte de rival do Primeiro Comando da Capital (PCC). O executor que o matou, por sua vez, seria do PCC. O caso segue em investigação.