24 de junho de 2024
Campo Grande 27ºC

Radares e até helicóptero são 'armas' da polícia para segurança em rodovias

A- A+

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) e a PMRE (Polícia Militar Rodoviária Estadual) começou ontem um trabalho reforçado para coibir irregularidades e prevenir acidentes nas principais rodovias que cortam Dourados. A ação faz parte da operação de fim de ano dos dois organismos de segurança.

Na PRF, o reforço no efetivo policial é de 30% e os policiais irão usar radares, etilômetros (aparelho que identifica se o motorista consumiu álcool e a quantidade ingerida) e um helicóptero para o patrulhamento principalmente nas BRs 163 que liga a cidade às regiões Norte e Sul e 463 que dá acesso ao Paraguai.

“São trechos que exigem maior cuidado por serem vias de acesso a localidades que são o destino da maioria das pessoas de Dourados e da região. Vamos coibir as irregularidades comuns no trânsito, mas o foco principal é a embriaguez ao volante”, explicou o inspetor Ozanan Catelan, chefe da delegacia da PRF em Dourados. Todas as ações no município estão atreladas à operação ‘Rodovida’, realizada pela PRF em todo o país para garantir a segurança nas estradas durante as festas de fim de ano.

A PMRE, responsável pelas rodovias estaduais, também vai fazer uso de radares e etilômetros para intimidar atitudes irregulares e perigosas de motoristas. O reforço no efetivo da corporação para a operação especial de fim de ano que começa às 00h desta terça-feira e segue até o dia 2 de janeiro é de 50%.

“Os policiais do setor administrativo reforçam o efetivo para esta operação. Temos identificado nos últimos anos um aumento nos casos que envolvem consumo e álcool e ultrapassagens indevidas e coibir isso é o nosso principal foco para diminuir o número de vítimas fatais”, explicou o comandante da PMRE em Dourados, major Luís Carlos Rodrigues.

As rodovias que terão atenção ‘especial’ da PMRE são a MS-376 entre Dourados e Fátima do Sul, a MS-276 entre Dourados e Deodápolis, a MS-157 entre Dourados e Maracaju e o corredor da MS-164 que dá acesso à rodovia federal que liga Dourados à Itaporã.

Dourados News