19 de junho de 2024
Campo Grande 22ºC

LATROCÍNIO | DOURADOS (MS)

Segundo acusado de matar servidor da Unei se entrega à polícia

Reginaldo Souza Gomes foi encontrado morto em sua residência, com sinais de estrangulamento

A- A+

Jorcinei Henrique Pereira da Silva, de 20 anos, apresentou-se na delegacia de Corumbá (MS), acompanhado de uma advogada, na 5ª.feira (16.mai.24), em relação ao caso envolvendo o assassinato do servidor da Unei, Reginaldo Souza Gomes, de 45 anos. Contra Jorcinei, havia um mandado de prisão preventiva pelo crime de latrocínio, ocorrido em 3 de maio na residência da vítima, no Bairro Nova Corumbá. 

Outro suspeito, Elionai Martins Silva, de 18 anos, foi preso na 2ª.feira (13.mai.24) pelo  Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garras), em Campo Grande (MS). Ele é acusado de matar o servidor e fugir para a capital com ajuda de familiares. Além do homicídio, Elionai roubou objetos da casa da vítima, incluindo uma motocicleta e cartões bancários.

Jorcinei negou o assassinato de Reginaldo, mas admitiu participação no roubo dos pertences da vítima.

Segundo o delegado Jean Carlos, durante o depoimento, Jorcinei afirmou que Elionai confessou o homicídio por motivos de ciúmes relacionados a uma foto no Facebook.

O servidor foi encontrado morto em sua residência, com sinais de estrangulamento, em 3 de maio. A motocicleta da vítima foi recuperada em Corumbá no dia 6 de maio e um indivíduo foi conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos.