28 de fevereiro de 2024
Campo Grande 23ºC

ROBERTO ZAMPIERI

Vídeos: advogado que 'mexia com causas grandes' é executado com dez tiros

'Foi um ato, provavelmente encomendado', disse o delegado

A- A+

O advogado Roberto Zampieri, de 57 anos, foi executado às 19h40 da 3ª feira (5.dez.23), com ao menos dez tiros de pistola 9 mm, na Rua Topázio, em frente ao seu escritório no Bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá (MT). 

De acordo com apurado pelo MS Notícias, a rua é uma das mais movimentadas do bairro e próxima a uma base da Polícia Militar.

O delegado Nilson Farias afirmou que Zampieri deixava o escritório quando foi surpreendido por um homem de boné, que disparou pelo vidro do lado do passageiro, e fugiu a pé em seguida.

Conforme o investigador, o atirador estava de tocaia, aguardando a saída da vítima. “Quando percebeu que o advogado ia entrar no carro, veio andando sorrateiramente, de forma covarde, e executou a vítima sem falar nada. Só efetuou os disparos”.

O vidro do lado do passageiro do veículo, modelo Fiat Toro – cor branca, estava fechado e todos os tiros foram efetuados na mesma direção. A polícia acredita que o executor teve apoio de outras pessoas para fugir. “Provavelmente ele nem viu o que aconteceu porque foi muito rápido”.

O corpo do advogado foi retirado do banco do motorista pela Politec por volta das 23h.

Uma câmera do escritório de Zampieri registrou o momento exato do ataque, veja: 

Imagens feitas por um morador mostram o suspeito do crime nas proximidades do escritório. O criminoso usava roupas escuras. Após a execução, ele teria se dirigido a pé até a região do Hospital São Mateus, fugindo em seguida. Veja o momento da fuga: 

 

MOTIVAÇÃO

A motivação ainda é desconhecida, no entanto, o delegado disse que apura com a família mais informações da vida profissional de Zampieri.

“Era um advogado que mexia com muitas causas grandes, então não dá pra falar sobre motivação”, disse Farias.

Ainda conforme o delegado, a vítima tinha outro carro que poderia ter evitado seu assassinato. “Ele tinha um carro blindado, mas já tem uns cinco anos que ele possui esse veículo, não é por ameaça recente. Hoje, especificamente, ele não utilizou, mas usava esse carro blindado de forma aleatória. Pelo que levantamos, não existia um receio dele. Não estava com medo de ser executado”.

As imagens captadas por circuito de segurança das proximidades mostram um homem que aparenta ter entre 25 e 30 anos atirando. “Foi um ato, provavelmente encomendado, e a pessoa (atirador) manuseava a arma muito bem, tanto que todos os disparos atingiram a vítima, na região do tronco”, disse. Nenhum dos tiros atingiu a cabeça.

CAUSAS EM GRANDES EM MT

A reportagem apurou que Roberto Zampieri era um dos advogados notáveis do Mato Grosso, que atuava em vários processos milionários e polêmicos. Uma das linhas de investigação do crime diz respeito à atuação do jurista em ações envolvendo disputas agrárias na região do Araguaia. 

O jurista acumulava mais de 100 processo, dentre os quais muitos movidos contra grandes empresários do agro do Mato Grosso e do Paraná.  

CORRUPÇÃO NO DETRAN-MT

Zampieri também estava à frente da defesa das empresas Santos Treinamento e EIG Mercados (antiga FDL), ambas investigadas na Operação Bereré, que apura esquema de fraude, desvio e lavagem de dinheiro no âmbito do Detran-MT. Os crimes teriam ocorrido de 2009 a 2015 resultando na movimentação ilegal de R$ 27,7 milhões lavados pelas empresas. 

Os nomes ligados às empresas são o advogado Antonio Costa e Silva, Macelo Costa, Claudemir Pereira do Santos, Rafael Torres, Roque Reinheimer, José Henrique Gonçalves e José Ferreira Gonçalves Neto.

Além dos empresários, também foram alvos da Bereré os políticos Eduardo Botelho (PSB), Mauro Savi (PSB), o ex-deputado federal do Mato Grosso Pedro Henry e servidores públicos da Assembleia Legislativa mato-grossense. 

A operação foi desdobramento da delação premiada do ex-presidente do Detran-MT, Teodoro Moreira Lopes, conhecido pelo apelido 'Doia'. Ele revelou que o esquema de corrupção na autarquia mato-grossense rendia ao menos R$ 1 milhão por mês aos envolvidos. 

De acordo com apurado, a operação também foi abastecida com documentos oferecidos pelo ex-governador do Mato Grosso, Silval Barbosa e seu irmão, Antonio Barbosa, que firmaram delação premiada com a Operação Malebolge, confessando terem participado do esquema de corrupção no Detran-MT.  

O ESCRITÓRIO DE ZAMPIERI 

Zampieri e Campos Advogados Associados é composto por advogados especializados em várias áreas do Direito.

A equipe foi liderada ao longo de 20 anos pelos sócios-diretores Roberto Zampieri e José Sebastião de Campos Sobrinho. O  escritório conta com advogadas coordenadoras e um completo departamento administrativo e financeiro. O escritório presta serviços advocatícios a pessoas físicas e jurídicas de direito público e privado, com escritórios parceiros em diversas cidades do Estado de Mato Grosso.

Campos sobrinho foi eleito presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso (TJD/MT) em 2019 e seguiu no cargo até 2022, sendo sucedido por José Perdiz de Jesus em 2023. Campo Sobrinho atuou em processos para clientes em Campo Grande (MS), São Paulo, Paraná e em diversas cidades do Mato Grosso do Sul.  

NOTA DA OAB

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) e o Conselho Federal (CFOAB) acompanham na noite desta terça-feira (6) as primeiras informações sobre a execução do advogado Roberto Zampieri, em frente ao seu escritório, no bairro Bosque da Saúde em Cuiabá. Eis a íntegra da nota

A Ordem dos Advogados está representada no local do crime, onde a perícia inicia os trabalhos  de investigação.

A OAB-MT lamenta a morte de Roberto Zampieri, advogado atuante na Capital e no interior, e expressa condolências aos familiares, neste momento extremamente difícil e triste.

E reitera que seguirá acompanhando o caso na  busca de uma resposta célere e eficaz.

DESPEDIDAS 

Em seu perfil profissional, a advogada  Adrielle Terçariol escreveu uma mensagem de pesar nesta manhã de 4ª feira (6.dez.23): "O Dr. Roberto destacou-se como um dos mais notáveis líderes ao longo da nossa carreira. Sua generosidade era excepcional, assumindo, por vezes, o papel de figura paternal. Sua disposição constante para compartilhar conhecimentos e estimular o aprendizado era notável, pois não apenas ensinava, mas também permitia que as habilidades alçassem voo por conta própria. Agora, restam as recordações de momentos afetuosos e lições inestimáveis. Que o Dr. Roberto descanse em paz. Expressamos nossas mais sinceras condolências aos familiares, amigos e à equipe do escritório Zampieri e Campos. Que encontrem conforto e serenidade neste momento difícil e doloroso". A mensagem foi publicada na legenda da imagem abaixo: 

Ao MS Notícias, Adrielle explicou sua relação com Zampieri. "O doutor Roberto, ele foi grandioso na minha vida, inclusive hoje eu tenho escritório juntamente com uma sócia que eu conheci dentro do escritório dele, então assim, ele sempre foi muito generoso e muito acolhedor”, completou. A sócia citada por Adrielle é Renata Lino e juntas elas mantém o escritório Lino & Terçariol no Mato Grosso, tendo sido influenciadas diretamente pela atuação de Zampieri.