19 de maio de 2024
Campo Grande 18ºC

POLÊMICA

Maíra Cardi xinga médico de 'rato', leva processo e perde R$ 50 mil

De acordo com a publicação, o caso teve início em uma live realizada em abril de 2021

A- A+

Maíra Cardi acaba de perder R$ 50 mil. A coach de emagrecimento foi condenada mais uma vez na esfera cível por xingar um médico em uma live em suas redes sociais. A ex-mulher de Arthur Aguiar foi criticada por um médico paraibano ao estimular a prática de jejum por longos períodos e respondeu com ofensas. As informações são do G1.

De acordo com a publicação, o caso teve início em uma live realizada em abril de 2021. Na ocasião, ela foi criticada pelo médico Bruno Cosme, da Paraíba, que é nutrólogo, por recomendar o jejum intermitente como auxílio no processo de emagrecimento. Em tempo, vale lembrar que Maíra não tem registro profissional de saúde e faz uso das redes para falar sobre emagrecimento e vender cursos.

Assim que foi criticada, Maíra xingou médico de ‘doutor de merda’ e ‘senhor rato’, afirmando que o profissional de saúde ‘só queria likes’. Com isso, Bruno Cosme acionou a Justiça.

Ainda de acordo com o portal, em outra decisão, publicada em diário oficial, a Justiça condenou Maíra Cardi por calúnia e difamação, crimes que cabem até nove meses de detenção. No entanto, reverteu a prisão em multa de nove salários mínimos, cerca de R$ 24,2 mil.