22 de junho de 2021
Campo Grande 28º 16º

Mostra de Cinema Italiano termina hoje no MIS

A- A+

Termina hoje a mostra de Cinema Italiano, do projeto CineMIS. O evento é uma realização do Museu da Imagem e do Som (MIS), em parceria com o Círculo Italiano Guglielmo Marconi, sob coordenação do curador Pietro Luigi. As exibições são feitas sempre às 19 horas, gratuitamente, na FCMS (Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul). O prédio fica situado na avenida Fernando Correa da Costa, 559, 3º andar, entre a rua 14 de julho e a rua Calógeras, no Centro da Capital. “A Mostra desse mês tem por objetivo apresentar um pouco da história recente da Itália através de períodos diversos, principalmente o pós-guerra, ao mesmo tempo em que drama, humor e um tanto de situações surreais se misturam, revelando um cinema rico e carismático, como sempre foi a característica do cinema Italiano”, analisa Luigi. Segundo a organização do projeto CineMIS, os filmes italianos são de grande relevância para amantes da sétima arte e para universitários dos cursos de artes visuais, publicidade e propaganda, entre outras áreas, pois, ao contrário do norte-americano, a produção italiana primou sempre pela excelência de temas e imagens, buscando no dia-a-dia o tema para seus dramas, musicais e inúmeras comédias, onde a crítica ao conservadorismo pós-guerra era feita com nitidez, sem nenhum tipo de disfarce da parte de seus realizadores. Américo Calheiros, presidente da FCMS fala que o projeto CineMIS cumpre o seu papel sociocultural. “Com essa agenda, o Museu da Imagem e do Som vem cumprindo sua função social de democratizar o acesso às produções audiovisuais do País e do mundo, além de promover o debate e a reflexão, no sentido de contribuir com a formação e a difusão de conhecimento e cultura no Estado”, explica. CineMIS O CineMIS apresenta na segunda semana de cada mês uma mostra com olhares e artes tanto de Mato Grosso do Sul quanto de culturas de outros Estados e países, sempre com temas relevantes e abrangentes. 14 de novembro, Sexta-feira, 19h A Comilança (La Grande Bouff , Dir. Marco Ferreri, 125 min, 1973) Elenco: Andréa Ferréol, Marcello Mastoianni, Michel Piccoli, Philppe Noiret, Ugo Tognazzi Quatro homens de meia-idade bem sucedidos: Marcello (Marcello Mastroianni), um comandante de bordo; Michel (Michel Piccoli), um executivo de televisão; Ugo (Ugo Tognazzi), um chef; e Philippe (Philippe Noiret), um juiz; vão para a mansão deste último, que foi comprada de um químico polonês pelo pai de Philippe após o final da 2ª Guerra Mundial. Reunidos e abastecidos com uma quantidade enorme de comida, planejam comer até morrer. Após a primeira noite, Marcello insiste que mulheres devem se juntar a eles. Philippe se mostra resistente, mas concorda ao saber que serão prostitutas. O grupo, porém, é surpreendido por uma professora, Andrea (Andréa Ferréol).Vencedora do Prêmio da Crítica Internacional no Festival de Cinema de Cannes, esta fábula de humor negro é simplesmente chocante e essencial. Leide Laura Meneses