19 de maio de 2024
Campo Grande 18ºC

TRISEXUALIDADE

Roberta Miranda revela por que escondeu sexualidade e romance com travesti

trissexualidade pessoas que sentem atração fluida por três ou mais gêneros diferentes

A- A+

Roberta Miranda deixou sua vida pessoal e sexualidade no campo do mistério para o imaginário dos fãs, mas existe um motivo. A cantora prometeu para a mãe que jamais exporia ela e a família com assuntos desse tipo. A promessa a fez esconder sua "trissexualidade" e um romance antigo com a travesti Luz Del Fuego.

"Eu tenho um juramento no leito de minha mãe, e é algo que eu preciso quebrar. É um assunto que me pega muito. Pais e irmãos foram impiedosos comigo, então eu não sabia por onde correr e o que fazer. Não sei se meu negócio é menino, menina, travesti...", disparou ela em entrevista ao colunista Leo Dias, do Metrópoles, nesta quarta (17).


"Namorei até uma travesti, era uma maravilha. Eu tinha o completo: metade mulher e metade homem. A gente se apaixonou, mas eu era muito neném", descreveu a artista. Roberta comentou que o relacionamento chegou ao fim após questionamentos constantes da mãe.


O jornalista perguntou à cantora se ela se definia bissexual, e ela concordou. Mas apontou outro termo também da sigla LGBTQIAP+: a trissexualidade --pessoas que sentem atração fluida por três ou mais gêneros diferentes.

"É... bissexualidade. Brinco dizendo que eu sou trissexual. Quem come de tudo não passa vontade", riu. "Foi uma experiência linda [o namoro com a travesti]. Minha mãe nunca me viu com mulheres, e ela também não entendia. Os meninos que eu namorava eram recebidos dessa forma muito rude e eles se afastavam", explicou.

Roberta teve uma criação difícil e restrita. Tinha as ações controladas e via no pai alcóolatra um péssimo exemplo. Ela passou a enxergar a forma masculina de jeito diferente, mais agressivo. "Não bebo, nem para brindar. É por causa do trauma que eu tenho", desabafou.