29 de maio de 2024
Campo Grande 9ºC

NOVELA PANTANAL

Saiba como será a cena da morte de Tenório

A sequência da morte do fazendeiro foi gravada ao longo de seis horas corridas na última sexta-feira, dia 22 de julho

A- A+

Depois da morte do filho, Tenório (Murilo Benício) também vai para a “cidade do pé junto”. A sequência da morte do fazendeiro foi gravada ao longo de seis horas corridas na última sexta-feira, dia 22 de julho, no município de Seropédica, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Assim como na primeira versão da novela, o fazendeiro terá um embate com Alcides (Juliano Cazarré). O amante de Maria Bruaca (Isabela Teixeira) vai atacar com uma azagaia (uma espécie de lança).

O fazendeiro, então, vai ser puxado por uma sucuri, o que fez com que Murilo Benício tivesse que entrar na água. A única sequência que o ator não fez pessoalmente e foi substituído por um dublê, foi “a última borbulha” do vilão se afogando, gravada por um drone.

COMO FOI A MORTE DE TENÓRIO NA VERSÃO ORIGINAL

Na versão original de “Pantanal”, exibida em 1990 pela extinta TV Manchete, o fim da linha para Tenório (Antônio Petrin) foi digno de aplausos dos telespectadores, afinal, o ambicioso fazendeiro era o maior vilão da trama. Por onde passou, fez inimigos, mexeu com assuntos ilegais, traiu a mulher com outra e ainda tentou arrancar dinheiro de José Leôncio (Cláudio Marzo).


Em cenas resgatadas pelo OFuxico, Tenório é assassinado por um dos seus rivais, em um embate emocionante com direito a arma de fogo e uma lança. Após castrar Alcides (Ângelo Antônio) e cometer o erro de deixar seu alvo vivo, o vilão acaba nas mãos do próprio capanga.


A cena se dá na beira do rio e conta com a ajuda de Zaqueu (João Alberto Carvalho). O mordomo fica escondido atrás de uma árvore e tem com ele uma arma. De longe, ele observa a briga entre patrão e funcionário. Alcides e Tenório começam a bater boca. O peão tem uma lança nas mãos e Tenório também carrega um revólver.

“Peraí, maldito, chegou a tua hora!”, avisa Alcides. “Ora, quê que é isso? Ô peãozinho de m****, não tá satisfeito não? Voltou para morrer?”, rebate Tenório. “Eu que vou acabar com sua raça, maldito”, promete Alcides. “Eu fiz pouco, devia ter acabado com tua raça”, diz o vilão.