23 de outubro de 2020
Campo Grande 33º 22º

DESCOBERTA

Estudo comprova que ver fotos ou vídeos de animais fofos reduz ansiedade

Entre os animais apreciados pelos participantes do estudo, está o quokka, conhecido como o "animal mais feliz do mundo"

Uma pesquisa da Universidade de Leeds, na Inglaterra, em parceria com a Western Australia Tourism, comprovou que ver imagens ou vídeos de animais fofos pode ser uma ótima solução contra a ansiedade. 
No estudo, realizado em dezembro de 2019, os participantes passaram 30 minutos vendo imagens fofas de animais e em todos os casos houve redução significativa na frequência cardíaca, pressão arterial e ansiedade. Isso é, tranquilizou os indivíduos.  
“Colocamos gatinhos, cachorrinhos, gorilas bebês, quokkas (criaturinha peluda encontrada na Austrália Ocidental) – conhecido como “o animal mais feliz do mundo”. Você sabe, o tipo de coisa que a gente espera nesses vídeos”, contou a Professora Doutora Andrea Utley, da Universidade de Leeds. O curioso bichinho “quokka”, pode ser visto em diversos documentários sobre a fauna australiana exibidos nos canais da Sky TV.
Utley revela ter ficado surpresa ao ver que as imagens surtiram efeito em todos os pacientes. “Tanto a frequência cardíaca como a pressão arterial diminuíam”, apontou.  
O estudo envolveu 19 pessoas (15 alunos e 4 funcionários da universidade) e foi realizado intencionalmente durante as provas do final do ano, momento em que o stress está em um nível significativamente alto. A pesquisa deveria prosseguir em 2020, mas precisou ser interrompida por conta da pandemia do coronavírus e só deve ser retomada após o fim da quarentena. 

Com informações do: SóNotíciaBoa.