27 de setembro de 2020
Campo Grande 39º 25º

Produção da cana aumenta 11% nesta safra

A produção da cana-de-açúcar para a safra 2013/2014 está quase completa e devido a este fator, se encerrando. Um levantamento feito pela OIA (Organização Internacional do Açúcar) mostra que a produção até dezembro já havia crescido 11% em relação ao ano anterior. No Norte e Nordeste do Brasil, cuja colheita começou em setembro, a safra deve apresentar números piores. Entre o início de setembro e 1º de dezembro, a produção da região alcançou 26,5 milhões de toneladas de cana, menos do que os 30,5 milhões de toneladas de igual período da safra passada. Para a OIA, a produção da região vai alcançar 55 milhões de toneladas na safra atual, menos do que os 58,3 milhões de toneladas de 2012/13. Apesar do recorde na produção de cana na principal área produtora do Brasil, a produtividade da sacarose diminuiu. Segundo a OIA, o indicador está em 133,45 quilos por tonelada, o menor nível desde o recorde de chuvas na safra 2009/10. A organização também  registrou a produção de 34 milhões de toneladas de açúcar, volume praticamente estável na comparação com mesmo período da safra anterior. O etanol registrou forte aumento na atividade e usinas produziram 25,1 bilhões de litros do combustível no mesmo período. O volume é 19% superior ao observado em igual período da safra anterior. Tayná Biazus