26 de outubro de 2020
Campo Grande 27º 22º

PÚBLICO

Ministério da Saúde libera até 30% da torcida em estádios

Documento foi aprovado pelo Ministro Eduardo Pazzuelo, e volta de público deve ocorrer em meados de outubro

O Ministério da Saúde aprovou, nesta terça-feira, um estudo da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) com uma proposta de retorno de até 30% de torcida nos estádios do país. A condição para que isso seja realizado é que cada estado e município se responsabilize pelas medidas sanitárias e protocolos de segurança contra a Covid-19.

A informação foi publicada nesta manhã pelo jornal "O Globo", que confirmou que esse retorno se dará a partir de outubro pela Série A do Campeonato Brasileiro. O documento foi aprovado pelo Ministro Eduardo Pazzuelo, que endereçou-o a Rogério Caboclo, presidente da CBF. Ele confirmou a informação ao jornal.

O retorno de público nos estádios gera muita controvérsia, não só no Brasil, como no mundo. Em paralelo ao que foi proposto pela CBF, a Federação Estadual de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) está empenhada em fazer com que o público retorne aos estádios do Rio em breve.

Nesta terça-feira, o número de casos de coronavírus no Brasil ultrapassa 4,5 milhões de pessoas, enquanto o número de mortes é de 137.272, segundo a Universidade John Hopkins.