15 de agosto de 2020
Campo Grande 35º 22º

Palmeiras está de olho na situação de Alex

Um velho sonho do torcedor do Palmeiras, Alex pode ser um reforço para o centenário. A diretoria é cautelosa sobre o assunto, mas torce para que ele não fique no Coritiba – o que abriria o caminho para o clube tentar recontratá-lo. Os dirigentes garantem que o foco está apenas na negociação para renovação de contrato de Gilson Kleina. Será realizada uma nova reunião hoje para tentar entrar em acordo.

A reportagem ouviu pessoas ligadas ao jogador e a situação, já sabida pelo Palmeiras, é simples. Alex pretende jogar mais uma temporada pelo Coritiba e depois se aposentar, mas o time paranaense corre risco de rebaixamento e de uma grande reformulação no elenco. Gilson Kleina é padrinho de casamento de Alex.

A estreita relação pode numa tacada só servir para a contratação do meia e a renovação de contrato do treinador. Alex teve três passagens pelo Palmeiras entre 1997 e 2002. Foi campeão da Libertadores (99), Mercosul e Copa do Brasil (98) e Rio-São Paulo (2000).

Outro nome comentado no clube é do lateral-direito Jonathan, de 27 anos, que passou por Cruzeiro e Santos e está na Inter de Milão. O empresário do jogador, Ivan Tadic, disse que foi procurado pelo Palmeiras.

“Fizeram uma sondagem, mas não tem nada oficial”, disse. O lateral foi muito mal na temporada passada, a ponto de ter sido eleito um dos piores reforços contratados pela Inter, mas com a chegada do técnico Walter Mazzarri tudo mudou. Ele virou titular e tem sido muito útil no esquema 3-5-2, em que tem liberdade para atacar.

Agência Estado