MS Notícias

segunda, 13 de julho de 2020

Influenza

Com alta adesão contra influenza, Campo Grande zera vacinas recebidas

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) recomenda à população alvo da campanha que permaneça em casa e orienta que não há necessidade de descontrole na busca das vacinas

Por: PMCG25/03/2020 às 17:56
ComentarCompartilhar

A alta adesão do primeiro grupo a ser vacinado contra influenza fez com que as doses em Campo Grande zerassem nos dois primeiros dias da campanha. O Ministério da Saúde tem enviado as doses de forma escalonada, para que não haja aglomeração de pessoas, que nessa primeira etapa são os mais vulneráveis tanto a gripe quanto ao novo coronavírus. 

Campo Grande recebeu até agora dois lotes de vacinas, que totalizaram 44.610 doses, e foram entregues em farmácias e unidades de saúde, com o objetivo de descentralizar a vacinação e evitar a aglomeração de idosos. Com a alta adesão à campanha, as doses se esgotaram, sendo que há previsão para nova entrega no início da próxima semana. 

Prevista para acontecer em Abril, nesse ano a campanha de imunização contra Influenza foi antecipada com o objetivo de reduzir os casos e a circulação do vírus durante a pandemia do coronavírus (Covid-19). A medida foi tomada pelo Ministério da Saúde no final do mês de fevereiro e acordado com os laboratórios que fabricam a vacina sobre a entrega escalonada do imunobiológico. 

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) recomenda à população alvo da campanha que permaneça em casa e orienta que não há necessidade de descontrole na busca das vacinas pela rede pública e farmácias parceiras, uma vez que a entrega para o próximo lote do imunobiológico está prevista para o início da semana. Essas doses estarão disponíveis para a população a partir da próxima quarta-feira. 

 

 

 

Outra recomendação da pasta é que pessoas com mais de 60 anos de idade evitem sair de casa sem necessidade, uma vez que a campanha permanecerá sendo de exclusividade desse público até o dia 15 de abril e continuará vacinando até o dia 22 de maio. 

“Não há a necessidade de alvoroço, você estará mais seguro em casa do que na fila aguardando para vacinar. Ainda tem tempo suficiente para tomar a vacina, então evite aglomerações e permaneçam seguros”, orienta a superintendente de vigilância em saúde, Veruska Lahdo 

Ela ainda completa garantindo que todo o público preconizado pelo Ministério da Saúde será atendido conforme a evolução da campanha. Mais lotes da vacina serão entregues à Sesau. 

Deixe seu Comentário

TV MS

22 de junho de 2020
Pagamentos pelo WhatsApp já estão disponíveis no Brasil
Pagamentos pelo WhatsApp já estão disponíveis no Brasil

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua referência em jornalismo no Mato Grosso do SulRua José Barnabé de Mesquita, 948
CEP 79100.200 - Vila Duque de Caxias
Campo Grande/MS
 (67) 99309.8172

Editorias

Institucional

Mídias Sociais

© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma