02 de dezembro de 2020
Campo Grande 33º 23º

Dengue

Com mais uma vítima, MS registra 22 mortes por dengue neste ano

 

Uma mulher de 56 anos, residente na cidade de Corumbá, é a 22ª vítima fatal da dengue em Mato Grosso do Sul em 2020. 

Apesar do óbito ser datado em 20 de fevereiro, o laudo que comprova que a morte foi causada pela dengue foi finalizado somente nesta semana. 

Os dados são do boletim epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde) divulgado nesta quarta-feira (8). 

Além de Corumbá, com quatro óbitos pela doença, Campo Grande também registrou quatro mortes, além de Sete Quedas (1), Cassilândia (1), Pedro Gomes (1), Nova Andradina (1), Caarapó (1), São Gabriel do Oeste (1), Bodoquena (1), Chapadão do Sul (2), Mundo Novo (1), Dourados (1), Aquidauana (1) e Paranaíba (1). 

Juntamente o número de mortes em 2020, outro fator que evidencia a situação preocupante com relação a epidemia da dengue no Estado é a quantidade de cidades que estão com alta incidência de notificações.

Dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, apenas Taquarussu não acendeu ainda a “bandeira vermelha”. 

Com relação ao quantitativo de casos confirmados de dengue, Mato Grosso do Sul tem atualmente 17.364 pessoas com quadro de dengue comprovado por critérios laboratoriais e clínicos. 

DOURADOS

A maior cidade do interior do Estado também está em situação considerada de alta incidência com mais de mil notificações e 564 casos confirmados de dengue.  

Dourados tem um óbito registrado neste ano por esta doença. Trata-se de uma mulher de 61 anos cujo óbito foi registrado no dia 31 de janeiro.