29 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 23º

SOCORRO

FCMS lança edital emergencial que pagará por 80 vídeos de técnicos da cultura em MS

Confira os prazos e regras para inscrição. Edital faz uso de recursos da Lei Aldir Blanc, do governo federal

O governo no estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Fundação de Cultura publicou em Diário Oficial desta 3ª-feira (20.out.2020) o lançamento de mais um edital emergencial por área que distribui recursos da Lei Aldir Blanc. Dessa vez, contempla os chamados setores da “graxa”, que são na prática, os técnicos, aqueles que fazem os shows e as apresentações acontecerem. 

O edital intitulado “Prêmio Arte da Graxa: Vídeos Tutorias da Área Técnica e Produção Cultural de MS” está com inscrições abertas a partir das 8h deste dia 20 de outubro e segue aberto até às 23h59 minutos (horário de MS) do dia 30 de outubro. As inscrições podem ser feitas clicando (AQUI), o profissional deve logar com uma conta pessoal de g-mail para abrir o "Google Forms", para seguir apara o preenchimento. No rodapé do edital há uma ficha de inscrição que deve ser preenchida e anexada na aba do link acima.  

São 80 vagas para seleção de produtos culturais produzidos antes ou durante a pandemia, de profissionais da área técnica e produção cultural domiciliados no território de Mato Grosso do Sul, sejam pessoas físicas ou microempreendedores individuais com atividade empresarial artística-cultural.

O Edital vai selecionar e premiar vídeos tutoriais realizados por esses técnicos e produtores culturais de todos os segmentos artísticos com o intuito de transmitir o saber. Na prática, o profissional interessado em concorrer deverá ensinar algo a seu expectador.

Cada contemplado receberá R$1.800,00 pelo material a ser disponibilizado nas redes da Fundação de Cultura de MS. 

Às premiações os técnicos devem comprovar atuação mínima de 2 anos na área

A inscrição pode ser feita no endereço eletrônico onde cada proponente deverá encaminhar todos os documentos exigidos para a inscrição, sob pena de desclassificação imediata pela Comissão Especial de Seleção.

Segundo o edital, os documentos deverão ser encaminhados scanneados e legíveis.

PROFISSIONAIS CONTEMPLADOS

Podem concorrer a uma das vagas duas áreas de atuação: 

Trabalhadores de Produção Técnica: envolve os profissionais designados para atender shows e espetáculos, tais como roadie, produtor de palco, operador de PA, operador de áudio, técnico de iluminação, iluminador e quaisquer outros profissionais da produção técnica de eventos culturais e de qualquer segmento artístico; b) Produção Cultural: envolve profissionais que produzem e/ou coordenam mostras, feiras, festivais, espetáculos de teatro, dança, circo, performances, shows musicais, exposições de artes, produção audiovisual e montadores de estruturas para shows e eventos culturais.

E profissionais de Produção Cultural: envolve pessoas que produzem e/ou coordenam mostras, feiras, festivais, espetáculos de teatro, dança, circo, performances, shows musicais, exposições de artes, produção audiovisual e montadores de estruturas para shows e eventos culturais.

REGRAS 

Não podem participar, servidores públicos da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, da Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica, de membros da Comissão Especial de Seleção e de integrantes do Conselho Estadual de Políticas Culturais, assim como seus parentes em linha reta até o 2º grau.

Para ser legítima a inscrição e concorrência o profissional deve ter Currículo profissional do proponente com no mínimo 2 (dois) anos de atuação na área. Apresentar portfólio que comprove esses 02 anos de atuação na área.

Enviar link do vídeo tutorial postado no YouTube ou no Vimeo, contendo material que aborde suas atividades na área cultural visando transmitir seu conhecimento.

O vídeo deverá ter duração entre 5 (cinco) e 10 (dez) minutos, filmados na horizontal, com boa qualidade de imagem e som.

A Fundação disponibilizou contato para esclarecimentos e informações complementares sobre o Edital. Quem tiver dúvidas pode enviar essas no e-mail: fcmsmusica@gmail.com ou contata-los pelo telefone: (067) 3316-9316 ou (67) 99959-6056 (somente whatsapp).

EIS A ÍNTEGRA DO EDITAL (CLIQUE)

A LEI 

O governo de MS publicou no Diário Oficial do Estado no dia (1º.out.2020) o decreto que institui o Programa de Atendimento Emergencial à Cultura em Mato Grosso do Sul (PAECult/MS). O Programa regulamentou, no âmbito do Estado, a utilização dos recursos provenientes da Lei Federal nº 14.017, de 29 de junho de 2020, a Lei Aldir Blanc, que destinou R$ 3 bilhões aos artistas de todo o Brasil, para ser usada em caráter emergencial, com intuito de minimizar os impactos provocados pela pandemia, que levou a paralização do setor em março e até momento não podem retornar às atividades.

O valor total destinado ao MS é de R$ 40.787.545,71, sendo R$ 20.514.887,18 para execução das ações pelo estado e R$ 20.269.658,53 distribuídos entre os 79 municípios.