03 de dezembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

COVID-19

Fumantes podem transmitir mais facilmente o vírus

No exterior, aconselha-se manter uma distância de segurança de pelo menos 10 metros das outras pessoas

É aconselhável que fumadores e vaporizadores mantenham uma distância de segurança de 10 metros das outras pessoas para evitar possíveis riscos de contágio causados pelo fumo do tabaco.

De acordo com uma nota do Comité Nacional Francês contra o Fumo (CNCT), os fumadores podem ser  fortes contaminadores do coronavírus. 

"Os fumadores infectados podem transmitir facilmente o vírus devido à tosse frequente e à presença no fumo do tabaco de partículas às quais os vírus se propagam e que podem depois ser inalados pelas pessoas à sua volta", sublinha o comunicado que reforça ainda que "estas partículas poder ser depositadas no mobiliário, tapetes e vestuário." 

"As nuvens de fumo e os vapores produzidos podem são detectados até 10 metros à volta do fumador", explica o CNCT, que incita os fumadores e vaporizadores a não fumar em casa para não contaminarem os familiares. 

No exterior, aconselha-se manter uma distância de segurança de pelo menos 10 metros das outras pessoas. De acordo com o CNCT, os fumadores são mais susceptíveis de desenvolver formas graves de coronavírus quando estão infectados. 

Fumar prejudica o sistema imunitário e a capacidade pulmonar, apesar de alguns estudos indicarem que a nicotina no tabaco pode ter um efeito protector contra o coronavírus. 

Fonte: CONTACTO