02 de dezembro de 2020
Campo Grande 33º 23º

LGBT

Fundtur traz Workshop Turismo LGBT para capacitar trade de Mato Grosso do Sul

Com o objetivo de capacitar os profissionais do turismo, ampliar seu atendimento e desenvolver produtos que atendam às demandas do turista LGBT, a Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (FundturMS) promove o 1º Workshop de Turismo LGBT. Em parceria com o Sebrae, a Prefeitura e o Conselho Municipal de Bonito, o evento aconteceu nesta quarta-feira (12.03), no Sebrae de Bonito (MS).

O palestrante Alex Bernardes, diretor comercial da revista ViaG e idealizador e diretor geral do Fórum de Turismo, fala da receptividade dos participantes sobre o tema. “Estou adorando. Ficamos felizes com a receptividade e a abertura do mercado para o turismo LGBT, pelo mercado ter se importado em começar a trabalhar com esse segmento. Trouxemos um conteúdo super bacana, ficamos meses trabalhando nele para trazer o melhor que a gente tem em nível internacional para Bonito e Mato Grosso do Sul, pois acreditamos que o destino merece”, avalia Alex, que está no mercado LGBT há 12 anos.

Marcell Filgueiras, também palestrante do Workshop de Turismo LGBT, pontua que o segmento LGBT está começando a ser trabalhado no país. “Fomos super bem recebidos e esse trato com o turista LGBT é algo que está começando a acontecer. Eu costumo comentar que, assim como aconteceu com as mulheres que foram conquistando seu espaço, o mesmo tem acontecido conosco. Estamos conquistando espaço, mas ainda têm muitos detalhes que precisam ser entendidos, compreendidos e aprendidos. E é para isso que viemos ao Mato Grosso do Sul. Estou super animado e até um pouco ansioso, pois tem tanta informação para passar e queremos que saia tudo perfeito, que as pessoas entendam, porque mais do que passar a informação é passar de um jeito claro, de uma forma que todos entendam e se coloquem no lugar do outro. Em todo o conteúdo a gente fala de empatia, de cidadania, mas estamos também falando de negócios e isso não pode ser esquecido e precisa ser alinhado. As dicas que vamos dar aqui no Workshop servem para o mercado do turismo, para o turista e para a vida”, salienta o publicitário, jornalista, youtuber, podcaster e editor da Revista ViaG de Turismo e Diversidade.

JP Polo durante palestra no 1º Workshop de Turismo LGBT

“Fico honrado de estar em Bonito junto com o Governo do estado de Mato Grosso do Sul, que se propôs a trazer esse tema para o turismo. A população LGBTI+ é uma população que viaja e que merece todo o respeito. Quando trabalhamos questões de grupos de minorias sociais, aprendemos a trabalhar com o público em geral, pois com as especificidades aprendemos a ouvir melhor, respeitar todos de uma maneira melhor e dessa maneira recebê-los, atendê-los, acolhê-los melhor. Acredito que este workshop que acontece aqui em Bonito é uma das poucas ações desse tipo no Brasil. Vocês estão trabalhando, olhando para esse público e capacitando os profissionais da área de turismo de forma gratuita, para que eles possam obter informações e tirar suas dúvidas. O destino e o Brasil só têm a crescer com isso”, enfatiza o palestrante JP Polo, que também atua como conferencista em temas de viés inconsciente, sustentabilidade, responsabilidade social, diversidade e direitos humanos desde 2015.

A presidente do Campo Grande Destination, Camila Fernandes, aposta no segmento. “Acho super importante um evento como esse, pois temos preconceitos enraizados. Quanto mais falamos e mais abordamos o assunto, mais percebemos isso. Estamos falando de turismo, de receber turistas e precisamos entender as diversidades e diferenças para saber tratar todos com respeito. E Campo Grande sendo uma cidade que quer atrair esse público é fundamental sabermos receber bem. Acredito que capacitações como esta precisam ser feitas mais vezes, inclusive em Campo Grande, e o trade precisa estar presente cada vez mais. Conversar a respeito das diversidades é importante”, ressalta.

Já Marco Antonio Thiago, profissional que representa vários atrativos turísticos de Bonito, avalia que esta é uma ótima oportunidade de capacitação. “É muito positiva a possibilidade de um trade tão poderoso como o de Bonito ter essa capacitação, de como se relacionar com as diferenças e de como construir um processo interno em cada empresa, de melhor atender e da maneira mais natural e acolhedora possível, não só o nicho de mercado LGBT, mas como todos os outros. O trabalho de hoje traz um alento para nós que trabalhamos no mercado do turismo, porque cada vez mais a empresa que conseguir levar o atendimento como primeiro objetivo, primeiro critério de qualidade de seu produto, vai estar à frente no mercado. Eu tenho vários clientes e parceiros na cidade e todos têm a preocupação de não infringir nenhum critério de bom atendimento, seja ele qual for o nicho. Estamos aprendendo e ao mesmo tempo corrigindo nosso atendimento. A Fundtur está de parabéns por trazer a Bonito este evento que vai impactar em muitas outras reações do mercado interno”.

Segundo a gerente de Mercado, Karla Cavalcanti, a Fundação de Turismo do estado vem estudando esse mercado e buscando posicionar MS para o segmento LGBT. “Estamos construindo esse posicionamento com mais do que campanhas e conceitos. O 1º Workshop de Turismo LGBT trouxe informações para que o trade de Mato Grosso do Sul realmente se capacite para bem atender esse turista”, finaliza.