21 de janeiro de 2022
Campo Grande 35º 22º

QUEM VIU?

Homem foge do Centro de Tratamento Psicossocial: pode ficar agressivo, avisa mãe

Mãe está há 24h esperando notícias do filho, desaparecido ontem pela manhã do Caps do Aero Rancho, na Capital

A- A+

Lucas Sanches da Silva, de 33 anos, fugiu do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) do Aero Rancho, enquanto aguardava ser atendido na manhã de ontem, 6ª-feira (12.fev). Diagnosticado com esquizofrenia congênita, ele estava ao lado da mãe, quando se alterou de saiu, desaparecendo na sequência. — Ele é um rapaz muito bom, mas ele deve estar assustado, falando sozinho pois está sem os remédios, por isso fui até o centro com ele, para buscar mais... ele pode ficar violento — alertou a mãe do rapaz, a comerciante Ângela Santos da Silva, de 52 anos, que pede ajuda para localizá-lo. 

O homem, morava com o pai em Nobres (MT), foi trazido para o convívio da manhã em dezembro desse ano. — Ele era tranquilo, chegou a fazer faculdade, 2 anos, mas parou porque o quadro dele se agravou. Eu estava pegando esses remédios e ele ficava bem...estou quase louca aqui, não sei o que fazer, quero encontrar meu filho.

O remédio que Ângela tentava pegar no Caps, funciona como um calmante, permitindo que Lucas durma e fique bem. — Com esse remédio ele fica tranquilo, vive bem com a gente, e dorme muito bem — pontou a mãe. 

— Eu não dormi nada, estou muito preocupada, sei lá o que as pessoas podem fazer, temo pelo meu filho, e estou preocupada com as pessoas também, precisamos achar ele.

A mãe disse que o filho estava com uma calça jeans azul escura, tênis da Nike de cor vermelho e camiseta listrada de branco e cinza.

O caso foi registrado na 4 ° Delegacia de Polícia (DP) como desaparecimento.

Quem souber de informações pode ligar para (67) 99240 - 8495.