20 de outubro de 2020
Campo Grande 30º 21º

Polícia

Homosexual planejou assassinato do irmão carpinteiro por vingança

A Polícia Civil identificou três envolvidos na execução do carpinteiro Manoel Gomes dos Reis, de 43 anos, encontrado morto na manhã da última segunda-feira, dia 11 de novembro, no Jardim Colibri em Campo Grande. Um home identificado como Cícero, irmão da vítima é quem teria planejado o assassinato por vingança. À polícia o suspeito informou que é gay e frequentemente era ofendido pelo irmão com xingamentos devido a sua orientação sexual.

Ele foi localizado pelo GOI (Grupo de Operações e Investigações) e apresentado à 5ª DP (Delegacia de Polícia Civil) da Capital, mas foi liberado após prestar depoimento. Os outros dois suspeitos ainda não foram localizados, mas seriam tio e sobrinho, conforme apurou a reportagem do site Campo Grande News. Eles mataram Manoel a mando de Cícero, ainda segundo a polícia. 

Na manhã de segunda-feira, ele chamou o irmão para que limpasse o terreno da sua residência na Rua Michel Calarge e deixou o endereço. Logo em seguida a dupla chegou ao local e matou o homem com dois tiros no peito. A polícia está em busca dos suspeitos.

O crime

Manoel foi morto enquanto limpava o quintal da residência e foi encontrado caído, próximo ao portão. O imóvel fica em uma área de ocupações irregulares no fundo de matagal onde se reúnem dependes químicos.

Manoel vivia em uma residência ao lado da casa onde foi encontrado morto, junto com o irmão João Gomes dos Reis. Nenhum dos três irmãos tem esposa ou filhos e a família é de Coxim, cidade localizada na região Norte do Estado.