29 de setembro de 2020
Campo Grande 37º 20º

RECONHECIMENTO

MIS homenageia mulheres com exposição sobre cantoras e musicistas

Homenageando mulheres com careiras consolidadas ou iniciantes, a exposição busca ainda criar um acervo de fotografias e documentos sonoros destas artistas

Em alusão ao 8 de março, o Museu da Imagem e do Som, unidade da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, abre amanhã, sexta-feira, 6 de março, às 9 horas, com a exposição "Dó – Ré – MIS Mulheres Cantoras de MS” em homenagem às mulheres pioneiras e as que estão iniciando na carreira musical em Mato Grosso do Sul.  

Com destaque para Helena Meirelles, Beth e Betinha, Delinha, Alzira e Tetê Espíndola, a exposição traz fotografias, discos, instrumentos musicais em homenagem às vozes femininas na celebração ao Dia Internacional da Mulher. 

Na ocasião, será exibido o curta-metragem “Beth e Betinha”, de Marinete Pinheiro, que narra a história da primeira dupla musical feminina do Estado, em atividade há mais de 50 anos. No documentário de 18 minutos a cineasta conduz uma entrevista que explora as memórias da carreira da dupla contada por elas mesmas, as dificuldades do início da carreira e as atuais. ‘Causos’ engraçados, histórias de composições, shows e apresentações são abordadas pela dupla no filme que sintetiza com um olhar criativo e artístico a história da dupla Beth e Betinha. Logo depois haverá apresentação musical das sanfoneiras Ilza Nogueira, Malu Gaiteira e Jakeline Saonfoneira.

Homenageando mulheres com careiras consolidadas ou iniciantes, a exposição busca ainda criar um acervo de fotografias e documentos sonoros destas artistas. “Esta é uma forma de homenagear estas mulheres que são cantoras, compositoras, instrumentistas, mães, trabalhadoras que com muito talento deixam mais leve e poético nosso dia-a-dia por meio da arte da música. Queremos, ainda, convocar a todas para que tragam fotografias, discos, CD’s, DVD’s ou qualquer material autoral para que possamos salvaguardar o material no acervo do MIS, pois o Museu ainda não tem material de algumas cantoras que atuam no nosso Estado", afirma a coordenadora do MIS, Marinete Pinheiro. 

Em duplas, trios ou solas, passando pelos mais diversos gêneros e vertentes musicais, serão homenageadas mais de 50 mulheres nesta exposição: Jucy Ibanez, Lenilde Ramos, Maria Alice, Maria Cecilia, Grupo Sampri (as irmãs Magally, Luciana e Renata), Marta Cel, Ana Cabral, Ana Karla, Andreia Rios, Bianca Machado, Erika Espindola, Fernanda Erbling, Giane Torres, Ilza Ferreira, Izabelê, Jaiza, Jane, Jakeline Sanfoneira, Ju Souc, Jaqueline Costa, Karô Castanha, Manu da Gaita, Soulra, Marina Peralta, Jandira, Du Canto Livre, Glauce Rocha, Duo Estrela Dalva, Patrícia e Adriana, Lia Mayo, Dila Alves, Denise Kramer, Janaynna, Cleonir, Clarice Maciel, Lidiane Duailibi, Sandra Menezes, Wanda Brito, Miska, Karina Marques, Gisele Sater, Maria Claudia, Marcia Cordeiro e Marina Dalla.

SERVIÇO 

A exposição “ Dó – Ré – MIS Mulheres Cantoras do MS” fica aberta ao público até o dia 9 de maio. O horário de visitação é de segunda a sexta, das 7h30 àsws 17h30, com entrada franca. O MIS fica no Memorial da Cultura e da Cidadania, na avenida Fernando Correa da Costa, 559 Centro, no terceiro andar. Telefone: (67) 3316-9178.