01 de dezembro de 2020
Campo Grande 33º 24º

CAMPO GRANDE

Prefeitura fiscaliza uso de máscaras nas filas do saque emergencial

Até agora, 38 milhões de cidadãos já se cadastraram para recebimento do benefício

Nem a chuva reduziu as filas que têm se formado em frente às agências da Caixa Econômica Federal por pessoas que buscam o auxílio emergencial. Para contribuir na não disseminação do novo coronavírus e orientar quanto ao uso de máscara de proteção, a Prefeitura de Campo Grande está fazendo campanha nos locais.

Assim como ocorreu nos últimos três dias nos nove terminais de transporte coletivo, a Prefeitura está percorrendo as agências para levar informações sobre a importância do uso da máscara e para incentivar também está distribuindo o material. A campanha passou pelas agências da Rodoviária, Júlio de Castilho, Avenida Bandeirantes e Aero Rancho.

O morador do Bairro Aero Rancho, José Nogueira, disse que a ação é fundamental e mais que isso manter-se em isolamento. “Para podermos seguir a recomendação das organizações de saúde e de nossos governantes temos que usar a máscara. Não pode sair sem máscara, para a proteção da nossa vida e de quem amamos. Sem a máscara estamos sujeitos à contaminação. E o mais importante, não saia de casa se não tiver algo importante para fazer. Protejam-se”, afirmou.

Já o secretário Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur), Luis Eduardo Costa contou que já dá para perceber que a população atendeu ao pedido e está utilizando máscaras. “Esta é uma campanha de conscientização que a prefeitura está fazendo para as pessoas. Estamos em um momento diferente de convivência e o uso da máscara deverá ser prática por um bom tempo em Campo Grande. Temos que ter esta mudança comportamental”, frisou Luiz Eduardo.

Desde o dia 9 de abril, quando teve início o pagamento do Auxílio Emergencial do Governo Federal, quando teve início o pagamento do Auxílio Emergencial do Governo Federal, a CAIXA já creditou mais de R$ 11,4 bilhões para 16,6 milhões de brasileiros. O banco, agente pagador do auxílio, está realizando a maior operação de bancarização da história do país, abrindo mais de 10 milhões de contas Poupança Social Digital, gratuitamente.

Até agora, 38 milhões de cidadãos já se cadastraram para recebimento do benefício. O site auxilio.caixa.gov.br superou a marca de 275 milhões de visitas e a central exclusiva 111 registra mais de 32 milhões de ligações. O aplicativo Auxílio Emergencial CAIXA já soma 45 milhões de downloads e o aplicativo CAIXA Tem, para movimentação da poupança digital, supera 11 milhões de downloads.

Inscritos pelo app/site A CAIXA recebeu da Dataprev, na tarde de quarta-feira (15), o primeiro lote com as informações dos beneficiários inscritos por meio do site ou do aplicativo e que cumprem os critérios de elegibilidade de acordo com a lei 13.982/2020. Este público não está no Bolsa Família ou no CadÚnico. Com essa base de dados, a CAIXA creditará, a partir de hoje (17), o Auxílio Emergencial para 9,1 milhões de cidadãos, injetando cerca de R$ 5,5 bilhões na economia.

CADASTRO ÚNICO

Para aqueles inscritos no CadÚnico e que não fazem parte do programa Bolsa Família, a CAIXA já creditou R$ 1,5 bilhão para 2,1 milhões de pessoas. Ao todo já foram disponibilizados R$ 6,3 bilhões para 9,3 milhões de brasileiros. Foram abertas mais de 6,4 milhões de contas do tipo Poupança Social Digital para este público.

SERVIÇO

Para masi infornações acesse ou ligue:    

auxilio.caixa.gov.br

Central de Atendimento CAIXA – 111

Central de Atendimento do Ministério da Cidadania – 121