02 de dezembro de 2020
Campo Grande 33º 23º

Máscaras

Prefeitura leva máscaras e conscientiza população sobre importância do uso durante filas para saque

Após identificar o grande número de pessoas que têm formado as filas em frente as agências da Caixa Econômica Federal para receber o auxílio emergencial do governo federal, equipes da Prefeitura de Campo Grande percorreram algumas unidades nesta manhã para reforçar a campanha de conscientização da importância do uso de máscaras durante o período de pandemia do novo coronavírus. Alguns itens também foram doados para quem não utilizava a vestimenta.

Na agência da Avenida Júlio de Castilho, a merendeira Renata Ortega, 31 anos, que estava acompanhada de dois filhos menores, disse que se sentiu mais segura ao receber as máscaras. “Eu ainda não consegui comprar e não sei fazer em casa. Confesso que a gente fica insegura quando vê um monte de gente usando e não temos uma também. Sorte a minha estar aqui na fila logo hoje, quando está acontecendo essa doação. Agora eu estou me sentindo mais protegida e mais tranquila em saber que meus filhos estão protegidos também”, disse.

Outra beneficiária do auxílio emergencial do governo, Berenice Paes, 32 anos, disse que ficou constrangida quando chegou ao banco sem máscara e viu várias pessoas nas filas fazendo uso do item. “Confesso que não dava importância até agora. Assustei vendo tanta gente aqui de máscara. Como estou desempregada nem passou pela minha cabeça comprar uma por enquanto, já que esse auxílio já está comprometido para comprar alimentos. A prefeitura está de parabéns pela iniciativa. Não vou mais tirar a minha do rosto quando sair de casa”, ressaltou.

Desde o dia 9 de abril, quando teve início o pagamento do Auxílio Emergencial do Governo Federal, milhares de beneficiários têm formado longas filas para fazer o saque do benefício, que assegura o pagamento de uma renda básica a trabalhadores informais, autônomos e sem renda fixa, durante três meses, por causa dos efeitos da pandemia.

Em Campo Grande, o superintendente da Rede Caixa de Mato Grosso do Sul, Moacyr do Espírito Santo, disse que, embora o atendimento ocorra de forma rápida, considera importante a parceria da prefeitura para ajudar a organizar o distanciamento e conscientizar a população sobre as medidas de prevenção ao contágio.

“Estamos contentes com a parceria da prefeitura levando o seu efetivo da Guarda para auxiliar no distanciamento das filas e também com equipes fazendo essa conscientização e entregando máscara para quem não tem. A medida é importante não apenas na prevenção da saúde, mas na questão da renda, já que quem vem buscar o auxílio, em sua maioria, não tem condições de comprar a máscara. Essa união do poder público reflete na sociedade mais segura e protegida para sacar os seus benefícios”, avaliou o representante da CEF em MS.