31 de outubro de 2020
Campo Grande 26º 18º

Ações para desenvolvimento de Dourados atingem 47 mil pessoas

As ações da Prefeitura de Dourados através da Semdes (Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável) atingiram 47.381 pessoas em 2013. Foram várias ações no agronegócio, comércio, indústria, serviços e turismo, que exigiram um investimento de R$ 5,366 milhões em recursos próprios e de parceiros.

No agronegócio, o atendimento subiu de 116 pessoas em 2012 para 148 em 2013. Um dos principais projetos desenvolvidos foi o “Feirantes Empreendedores de Dourados”, com atendimento na Feira Livre da Rua Cuiabá aos domingos, inserção do Simd (Serviço de Inspeção Municipal) e ainda elaboração do projeto da nova feira, que a prefeitura pretende implantar este ano.

Para atender a indústria local e zelar pela saúde do consumidor, a prefeitura ampliou a estrutura do Simd. Em 2013 foi feito o cadastro de mais 11 empresas e registro de 103 produtos (linguiça, carne, peixe e leite) no Simd. O crescimento é de 200% em relação a 2012. A equipe de veterinários do Serviço de Inspeção realizou atendimentos regulares a casas de carnes, açougues e mercados, levando informação e apoio.

Na área de piscicultura foi regularizado um frigorífico privado para atender a demanda do município e feitas ações para atender a conclusão do frigorífico do peixe, que será de gestão partilhada. Tem realizado regularmente também a Festa do Peixe, que até de um atrativo turístico e cultural, é uma importante ação de comercialização de peixes produzidos em Dourados.

Na indústria, a prefeitura desenvolveu o PDE (Programa de Desenvolvimento Socioeconômico de Dourados). Foram 247 atendimentos em 2013, com doação de área para seis indústrias.

CONFECÇÃO

Através do APL de Lingerie Moda Dourada, a prefeitura incentiva o setor de confecção. Onze empresas participam, gerando 216 empregos, produção de 6 mil peças e faturamento de R$ 2,9 milhões. Pela ação é realizado o monitoramento das indústrias, palestras, feira de lingerie na Praça Antonio João e apoio através de consultorias em parceria com Sebrae, Senai e Sesi. A prefeitura também finaliza o processo de criação de um distrito industrial da confecção.

A prefeitura também desenvolve o APL Metalmecânico, com participação de 12 empresas, seis já com consultorias, que empregam 164 funcionários e faturaram juntas R$ 20 milhões em 2013.

As ações da prefeitura para a indústria atingiram 1.843 pessoas em 2011, 4.813 em 2012 e 11.519 em 2013. O crescimento é vertiginoso. O Canasul & Agrometal, evento voltado para o setor sucroenergético e metalmecânico, já se tornou tradicional e um dos maiores do Centro Oeste.

Quanto ao comércio, a prefeitura desenvolveu projetos importantes em 2013, como o “Projeto Marcelino Pires Boulevard” e o “Projeto Varejo no Bairro - Monte Alegre”, que valoriza e estimular a venda no comércio dos bairros.

Na área do Turismo, a prefeitura atualizou o calendário de eventos municipal e regional, o Inventário Turístico, realizou o Festival Gastronômico Sabores de Dourados, aplicou o Projeto Capacitando para o Turismo e preparou o Festival Gastronômico Boteco Dourados, que está acontecendo agora em janeiro. Também apoiou de forma excepcional os hotéis com Sistema Nacional de Registro de Hóspede; monitoramento das empresas no Cadastur, distribuição de Fichas Nacionais de Registro de Hospedes e informações turísticas a visitantes e à população.

As ações no turismo atingiram 2.580 em 2012 e saltam para 14.294 em 2013.

EMPREGO

Através do Ciat (Centro Integrado de Atendimento ao Trabalhador), a prefeitura conseguiu em 2013 encaminhar ao mercado de trabalho 14.999 pessoas. O crescimento é de 1.000% em relação aos 1.318 de 2011. Foram emitidas 3.269 carteiras de trabalho. O crescimento é de 78% em relação a 1.836 de 2012.

É interessante ressaltar que a requisição de seguro desemprego cresceu apenas 4% em relação a 2011. Eram 10.060 em 2011 e fechou em 10.479 em 2013. O número de seguro desemprego é extremamente pequeno em relação às colocações realizadas, demonstrando que a cidade está com superávit de empregos.

“O objetivo do prefeito Murilo é desenvolver ações que impulsionem a indústria, comércio, turismo e agroindústria, propor informações para a diversificação da produção do município e políticas públicas adaptáveis aos empreendedores”, diz a secretária de Desenvolvimento Econômico Sustentável Neire Colman, sobre as ações da secretaria. “Estamos focados no desenvolvimento, na especialização e para treinar mão de obra para os setores da produção, comercial, industrial e serviços.

Dourados News