28 de julho de 2021
Campo Grande 14º

Ações para desenvolvimento de Dourados atingem 47 mil pessoas

A- A+

As ações da Prefeitura de Dourados através da Semdes (Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável) atingiram 47.381 pessoas em 2013. Foram várias ações no agronegócio, comércio, indústria, serviços e turismo, que exigiram um investimento de R$ 5,366 milhões em recursos próprios e de parceiros.

No agronegócio, o atendimento subiu de 116 pessoas em 2012 para 148 em 2013. Um dos principais projetos desenvolvidos foi o “Feirantes Empreendedores de Dourados”, com atendimento na Feira Livre da Rua Cuiabá aos domingos, inserção do Simd (Serviço de Inspeção Municipal) e ainda elaboração do projeto da nova feira, que a prefeitura pretende implantar este ano.

Para atender a indústria local e zelar pela saúde do consumidor, a prefeitura ampliou a estrutura do Simd. Em 2013 foi feito o cadastro de mais 11 empresas e registro de 103 produtos (linguiça, carne, peixe e leite) no Simd. O crescimento é de 200% em relação a 2012. A equipe de veterinários do Serviço de Inspeção realizou atendimentos regulares a casas de carnes, açougues e mercados, levando informação e apoio.

Na área de piscicultura foi regularizado um frigorífico privado para atender a demanda do município e feitas ações para atender a conclusão do frigorífico do peixe, que será de gestão partilhada. Tem realizado regularmente também a Festa do Peixe, que até de um atrativo turístico e cultural, é uma importante ação de comercialização de peixes produzidos em Dourados.

Na indústria, a prefeitura desenvolveu o PDE (Programa de Desenvolvimento Socioeconômico de Dourados). Foram 247 atendimentos em 2013, com doação de área para seis indústrias.

CONFECÇÃO

Através do APL de Lingerie Moda Dourada, a prefeitura incentiva o setor de confecção. Onze empresas participam, gerando 216 empregos, produção de 6 mil peças e faturamento de R$ 2,9 milhões. Pela ação é realizado o monitoramento das indústrias, palestras, feira de lingerie na Praça Antonio João e apoio através de consultorias em parceria com Sebrae, Senai e Sesi. A prefeitura também finaliza o processo de criação de um distrito industrial da confecção.

A prefeitura também desenvolve o APL Metalmecânico, com participação de 12 empresas, seis já com consultorias, que empregam 164 funcionários e faturaram juntas R$ 20 milhões em 2013.

As ações da prefeitura para a indústria atingiram 1.843 pessoas em 2011, 4.813 em 2012 e 11.519 em 2013. O crescimento é vertiginoso. O Canasul & Agrometal, evento voltado para o setor sucroenergético e metalmecânico, já se tornou tradicional e um dos maiores do Centro Oeste.

Quanto ao comércio, a prefeitura desenvolveu projetos importantes em 2013, como o “Projeto Marcelino Pires Boulevard” e o “Projeto Varejo no Bairro - Monte Alegre”, que valoriza e estimular a venda no comércio dos bairros.

Na área do Turismo, a prefeitura atualizou o calendário de eventos municipal e regional, o Inventário Turístico, realizou o Festival Gastronômico Sabores de Dourados, aplicou o Projeto Capacitando para o Turismo e preparou o Festival Gastronômico Boteco Dourados, que está acontecendo agora em janeiro. Também apoiou de forma excepcional os hotéis com Sistema Nacional de Registro de Hóspede; monitoramento das empresas no Cadastur, distribuição de Fichas Nacionais de Registro de Hospedes e informações turísticas a visitantes e à população.

As ações no turismo atingiram 2.580 em 2012 e saltam para 14.294 em 2013.

EMPREGO

Através do Ciat (Centro Integrado de Atendimento ao Trabalhador), a prefeitura conseguiu em 2013 encaminhar ao mercado de trabalho 14.999 pessoas. O crescimento é de 1.000% em relação aos 1.318 de 2011. Foram emitidas 3.269 carteiras de trabalho. O crescimento é de 78% em relação a 1.836 de 2012.

É interessante ressaltar que a requisição de seguro desemprego cresceu apenas 4% em relação a 2011. Eram 10.060 em 2011 e fechou em 10.479 em 2013. O número de seguro desemprego é extremamente pequeno em relação às colocações realizadas, demonstrando que a cidade está com superávit de empregos.

“O objetivo do prefeito Murilo é desenvolver ações que impulsionem a indústria, comércio, turismo e agroindústria, propor informações para a diversificação da produção do município e políticas públicas adaptáveis aos empreendedores”, diz a secretária de Desenvolvimento Econômico Sustentável Neire Colman, sobre as ações da secretaria. “Estamos focados no desenvolvimento, na especialização e para treinar mão de obra para os setores da produção, comercial, industrial e serviços.

Dourados News