28 de novembro de 2021
Campo Grande 32º 21º

Dourados pensado a sério, o administrador Zé Elias será o candidato mais Humanista

No meio de tantas pretensões, no mover das peças do jogo político, surge uma possibilidade e esperança à população de Dourados com o lançamento da candidatura pelo PHS do ex-prefeito Zé Elias.

A- A+

José Elias Moura, o Zé Elias, foi o primeiro a pensar a administração pública de forma “cientificada”, sem improvisos, e para isso contou com o arquiteto e urbanista Jaime Lerner, que havia transformado Curitiba na na cidade com maior qualidade de vida do Brasil. Assim o definiu Luiz Carlos Ribeiro, também arquiteto e urbanista que pede o desenvolvimento do município de Dourados sem “intervenções improvisadas”.

“José Elias, pra prefeito de Dourados, Zé Elias vem de novo, é a vontade do povo!” Era o jingle do prefeito Zé Elias e, passados tantos anos, ainda se mantém atual para a renovação político-administrativa do município. O ex-prefeito José Elias Moreira acaba de fechar com o PHS para voltar a disputar a prefeitura em 2016.

Ainda recém-filiado, já provocou reações favoráveis como a expressa em rede social pelo empresário e bacharel em Direito, Elizio Brites: “Tá ai um da velha guarda que nunca se lambuzou com o poder e realmente foi um excelente Prefeito, talvez um dos que mais construiu obras de infraestrutura e de visão moderna para a época”

Ainda baseado nas palavras de Luiz Carlos Ribeiro, “Dourados precisa parar de improvisar e fazer ‘chutes’ quando o assunto é mobilidade urbana, e retomar os planos diretores das administrações de Zé Elias ao longo dos anos, uma vez que as administrações, com o aval do Legislativo, fizeram ao longo do tempo verdadeiros remendos e puxadinhos nestas leis de maneira aleatória, até chegar ao ápice de se entregar a cidade nas mãos da especulação imobiliária através da ampliação do perímetro urbano de forma desordenada”.

Na sopa de letrinhas de sugestões de candidaturas, visando apenas os benefícios aos diversos grupos políticos que loteiam a maior cidade do Mato Grosso do Sul (excetuando-se a Capital), o nome de Zé Elias é a opção técnica que pretende tirar Dourados do marasmo político administrativo a qual tem sido relegada nos últimos anos. A pretensão é que a gestão executiva prospere para um crescimento crescente e, assim, as correntes políticas possam se voltar apenas para a arte política de buscar benefícios para a região.

Dourados não se basta, tem a responsabilidade de uma vasta região denominada Grande Dourados, que está intimamente ligada ao município sede e depende de seu desenvolvimento econômico. A intenção com a indicação da candidatura de Zé Elias é, a partir do desenvolvimento da região, permitir o trabalho da classe político-legislativa trabalhe no âmbito estadual e federal em busca de investimentos na região.