27 de setembro de 2020
Campo Grande 39º 25º

Instalação de restaurante dentro de parque ambiental divide a opinião dos douradenses

A instalação de um restaurante no interior do parque Ambiental Antenor Martins do Jardim Flórida mais conhecido como Parque do Lago está dividindo a opinião de ambientalistas e douradenses de uma forma geral.

A decisão sobre a instalação ou não do restaurante ficará por conta da Câmara Técnica de Analise de Processos e Projetos e demais membros do COMDAM (Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente) em reunião na manhã desta quinta-feira na sede do IMAM (Instituto de Meio Ambiente de Dourados).

Carlos Frank Salgado, morador do Jardim Flórida acha que não é bom se construir um restaurante dentro do Parque porque “acaba desfigurando a beleza do local”.

Joana Prado Santana tem opinião diferente. Para ela um restaurante vai melhor ainda mais a qualidade do parque de lazer além de oferecer mais uma opção para os douradenses e até mesmo os turistas. Para Joana que é professora de Biologia, pode integrar o restaurante com a defesa do meio ambiente.

A reunião do Comdam foi convocada pelo geógrafo Ataulfo Alves Stein Neto que espera uma boa discussão sobre a proposta de instalação de um restaurante no mais antigo parque ambiental de Dourados.

Além da autorização para o restaurante a Câmara Técnica de Analise de Processos e Projetos vai discutir e votar parecer sobre a capina química solicitada pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e, sobre os projetos para a implantação de um novo cemitério em Dourados.

Nicanor Coelho, de Dourados